Banco CTT corta spread da casa para 1,30%

  • Rita Atalaia
  • 12 Junho 2017

Quem contrair crédito junto do Banco CTT poderá agora contar com um spread desde 1,30%. Isto em comparação com os 1,75% na oferta inicial.

O Banco CTT cortou o spread no crédito à habitação para os 1,30%. Reduziu-o face aos 1,75% da oferta inicial, tornando-se assim um dos bancos com a taxa mais baixa no crédito para a casa no mercado nacional.

“O Banco CTT lançou no início do ano a sua oferta de Crédito Habitação, apresentando uma solução simples, transparente e de baixo custo para quem procura comprar casa ou pretende transferir o seu crédito. Mantendo este compromisso de baixo preço para todos, o Banco CTT reviu hoje a sua oferta, reduzindo o custo global dos empréstimos (TAER) para compra de casa“, de acordo com um comunicado enviado pela instituição liderada por Francisco Lacerda.

Foi em janeiro que o Banco CTT entrou na “guerra” dos spreads. Depois das contas, dos depósitos a prazo e dos cartões de crédito (em parceria), o banco avançou com o produto mais aguardado de todos: o crédito para a compra de casa. Uma oferta que Francisco Lacerda quer que seja competitiva numa altura em que todos os bancos estão a baixar spreads. Na altura, o spread oferecido pelo Banco CTT era de 1,75%.

O banco cortou o custo global para os empréstimos, mas não alterou as condições destes contratos. Segundo a instituição, é necessária a “domiciliação de ordenado na Conta Banco CTT, uma conta à ordem sem custos de manutenção, e a subscrição dos seguros vida e casa no Banco CTT, sem ser necessário aderir a outros produtos para beneficiar” desta oferta.

Com esta revisão do preçário, o Banco CTT passa a disponibilizar um dos spreads mínimos mais baixos do mercado. Apenas o Santander Totta e o Bankinter apresentam margens mínimas mais baixas no crédito à habitação. Ambos dispõem de um spread mínimo de 1,25%.

(Notícia atualizada às 16h com mais detalhes)

Comentários ({{ total }})

Banco CTT corta spread da casa para 1,30%

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião