Um 911 Turbo S anda pouco? Agora há 500 Exclusive Series

Já tem mais de 500 cv, mas podia ser pouco... Por isso, a Porsche lançou uma versão exclusiva do 911 Turbo S com 607 cv. É o 911 Turbo S mais potente de sempre, mas só 500 vão poder tê-lo.

Se um Porsche 911 Turbo S não está a alcance de muitos, uma edição especial do superdesportivo da marca alemã ainda menos. E nem é só pelo preço mais elevado. É mesmo porque há muito poucos deste Exclusive Series, o mais potente dos 911 Turbo S: tem mais de 600 cv. É potente. É rápido, mas se algum passar por si, vai perceber… nem que seja pela cor.

Totalmente construído à mão, o novo 911 Turbo S Exclusive Series da Porsche “é a versão mais potente de sempre do 911 Turbo S”, diz a marca. O motor de seis cilindros boxer biturbo com 3,8 litros, com um kit de potência exclusivo [que aumenta a potência de 580 para 607 cv], possui um binário máximo de 750 Nm, debitados entres as 2.250 e as 4.000 rpm.

O que é que tudo isto significa? Um superdesportivo ainda mais rápido. “O 911 Turbo S Exclusive Series acelera dos 0 aos 100 km/h em 2,9 segundos e leva 9,6 segundos para quebrar a barreira dos 200 km/h. Este modelo desportivo alcança uma velocidade máxima de 330 km/h“, refere a marca germânica.

É tudo exclusivo

Além do incremento de potência em 27 CV, o 911 Turbo S Exclusive Series distingue-se do 911 Turbo S través do seu design único. Destaque para a pintura Exclusive em Amarelo Ouro metalizado e os diversos componentes em carbono, como o capot, o tejadilho e as saias laterais. As duas faixas em carbono que adornam o tejadilho e o capot acentuam a imagem desportiva do veículo.

A visão traseira é caracterizada pela asa do Pacote Turbo Aerokit, pelo novo spoiler, pelas entradas de ar em carbono e pelo sistema de escape com duas saídas duplas em aço preto“, refere a marca. Junta-se a tudo isto as jantes de 20 polegadas pintadas de preto com aperto central único.

Se por fora há diferenças marcantes face ao Turbo S, por dentro também. “Os bancos desportivos com ajustes em 18 vias são revestidos em duas camadas de pele perfurada. A camada inferior apresenta, na zona central, duas faixas em Amarelo Ouro, o que garante um efeito único”, diz a marca, acrescentando que os pespontos e o bordado “Turbo S” nos encostos de cabeça também são em Amarelo Ouro.

Só há 500

O Porsche 911 Turbo S Exclusive Series já está disponível, mas apenas para os primeiros 500 que tiverem 297.875 euros para ter um automóvel exclusivo. A fatura pode aumentar se quiser juntar o cronógrafo Porsche Design do 911 Turbo S Exclusive Series, bem como o conjunto de cinco malas específicas para este modelo (custam 5.658 euros).

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Um 911 Turbo S anda pouco? Agora há 500 Exclusive Series

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião