easyJet está interessada em ficar com a Alitalia

A easyJet está interessada em ficar com a Alitalia, a companhia aérea de bandeira de Itália que declarou insolvência recentemente... pela segunda vez em dez anos.

A Alitalia está à venda após declarar insolvência. A presidente da easyJet avançou com a possibilidade de aquisição, apesar de o histórico pouco lucrativo da companhia italiana estar a refrear o interesse de novos investidores: é a segunda vez que a Alitalia declara insolvência numa década.

A confirmação do interesse na compra da Alitalia foi dada pela presidente executiva da lowcost britânica, Carolyn McCall, durante a cerimónia de entrega do primeiro A320 Neo da Airbus. “Posso confirmar que estamos interessados na due dilligence da Alitalia”, disse a responsável, sem adiantar mais detalhes.

As intenções surgem após um inverno particularmente rigoroso para a easyJet que, em março, registou um prejuízo recorde apesar do crescente número de passageiros. No mercado italiano, a rival Ryanair detinha em 2015 a maior quota de mercado, seguida dos 18% da Alitalia (dados da Universidade Bicocca de Milão). A Ryanair já se declarou “interessada nas rotas mas não na compra” da Alitalia, avançou a Reuters.

Esta é a segunda vez que a companhia aérea italiana declara insolvência no espaço de uma década, pelo que a hipótese mais provável seria a liquidação da companhia. Desde 2008, data da insolvência anterior, a companhia já perdeu 3 mil milhões de euros. As ações da companhia caíram a pique desde o início do ano. Em meados de janeiro estavam nos 95 dólares por ação. Hoje ficam-se pelos 16.950 dólares.

O Governo cedeu 600 milhões de euros para manter a companhia em atividade por mais seis meses mas pôs de parte a nacionalização. Já não é sequer acionista da companhia bandeira italiana, a mesma que trouxe o Papa a Fátima no último mês de maio. A insolvência foi declarada após a rejeição por parte dos trabalhadores de um resgate de dois mil milhões de euros, uma vez que esta solução implicaria uma redução dos postos de trabalho.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

easyJet está interessada em ficar com a Alitalia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião