Caldeira Cabral: Exportações estão a dominar crescimento

  • Rita Atalaia
  • 21 Junho 2017

No dia em que o Banco de Portugal reviu em forte alta as previsões de crescimento para este ano, Caldeira Cabral afirma que esta expansão se deve mais às exportações do que ao investimento.

O ministro da Economia considera que a economia está a crescer numa “base sólida”. Um crescimento sustentado pelo investimento, mas mais ainda pelas exportações, afirma Caldeira Cabral numa entrevista à Bloomberg (conteúdo em inglês). Esta recuperação está a acontecer ao mesmo tempo que os consumidores estão mais confiantes.

“Os catalisadores do crescimento são o investimento e as exportações”, refere o ministro, no dia em que o Banco de Portugal reviu em forte alta as previsões de crescimento para 2017, apontando para os 2,5%. A taxa de desemprego deverá recuar para 7% em 2019.

Olhando para estes fatores, as exportações é que estão realmente a impulsionar a expansão da economia, defende Caldeira Cabral. E estão a acelerar em vários setores, como maquinaria, automóvel ou turismo, acrescenta. Esta quarta-feira, o banco liderado por Carlos Costa afirmou que, logo nos primeiros três meses, Portugal cresceu bastante acima da área do euro, com o contributo forte do investimento — destaca-se a construção e as máquinas e equipamentos — e das exportações.

Questionado pela Bloomberg sobre se vamos chegar a um momento em que o consumo interno vai dominar parte deste crescimento, o ministro afirma que “o que está acontecer é um crescimento equilibrado. A procura interna está a crescer” graças ao consumo mas sobretudo ao investimento. “É uma base sólida para um crescimento sustentado”, refere Caldeira Cabral.

O consumo tem sido limitado pela diminuição da confiança dos consumidores, que está agora a recuperar. O programa de austeridade em Portugal “levou os consumidores a terem menos confiança e a consumirem menos. Mas esta confiança está a recuperar”, defende o ministro da Economia. “Estamos a conseguir acelerar a economia a mesmo tempo que temos um orçamento mais equilibrado”, remata.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Caldeira Cabral: Exportações estão a dominar crescimento

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião