Alegada fuga de informação no exame de português enviada para o Ministério Público

  • ECO
  • 21 Junho 2017

Mensagem que circulou nas redes sociais revelava a matéria que ia sair no exame nacional de português.

Dias antes do exame de Português do 12º ano, já havia quem soubesse o que ia sair. Uma mensagem que circulou nas redes sociais e no WhatsApp revelava exatamente o conteúdo do exame e está agora a ser investigada pelo Instituto de Avaliação Educativa (IAVE), que também pediu ao Ministério Público para averiguar o caso.

A notícia é do Expresso, que reproduz o áudio da mensagem de uma aluna. “Ó malta, falei com uma amiga minha cuja explicadora é presidente do sindicato de professores, uma comuna, e diz que ela precisa mesmo, mesmo, mesmo e só de estudar Alberto Caeiro e contos e poesia do século XX. Ela sabe todos os anos o que sai e este ano inclusive”, escreve o semanário.

A mensagem circulou dias antes do exame nacional de Português do 12º ano, realizado na segunda-feira. Miguel Bagorro, professor na Escola Secundária Luísa de Gusmão, em Lisboa, teve conhecimento da gravação no sábado, através de um aluno a quem dava explicações. Depois de perceber que o que saiu no exame era precisamente o que vinha descrito na mensagem, denunciou o caso ao Ministério da Educação que, por seu turno, reencaminhou a denúncia para o IAVE, responsável pelos exames nacionais. O IAVE está a investigar e remeteu para a Inspeção Geral de Educação e para o Ministério Público “todas as informações de que dispõe sobre o caso para efeitos de averiguação disciplinar e criminal”, diz o Expresso.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Alegada fuga de informação no exame de português enviada para o Ministério Público

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião