BCP aumenta administração com três não-executivos da Fosun

  • Rita Atalaia
  • 28 Junho 2017

O banco liderado por Nuno Amado escolheu mais três administradores não-executivos da Fosun. Com esta decisão, o conselho de administração aumenta para de 19 para 22 .

O BCP decidiu aumentar o conselho de administração. Depois de o banco liderado por Nuno Amado ter aprovado a designação de dois novos administradores, um executivo e um não-executivo, a instituição financeira informou esta quarta-feira a Comissão do Mercado de Valores Mobiliários que foram cooptados mais três novos administradores para ocupar cargos não-executivos, aumentando a dimensão do conselho de administração para 22. Fica ainda a faltar a luz verde do Banco de Portugal e do Banco Central Europeu.

“Foram cooptados três novos administradores não executivos, Gu Xiaoxu, Li Cheng e Zhihua Shen, aumentando assim o número de administradores para 22″, sendo que, deste total, 14 são não executivos“, revela o banco num comunicado enviado ao regulador do mercado.

O BCP aguarda agora pela aprovação dos reguladores. “No âmbito do presente processo de cooptação, se irão agora promover os atos necessários à instrução do processo de pedido de avaliação por parte do BCE/BdP“, refere o banco.

Foi em maio que os acionistas do BCP aprovaram em assembleia-geral a nomeação de dois novos administradores que foram indicados pela Fosun: Lingiang Xu como vogal não executivo e João Nuno de Oliveira Palma [antigo administrador financeiro da Caixa Geral de Depósitos, na equipa de José de Matos] como vogal executivo. Estes dois novos administradores foram indicados pela Fosun.

Estas nomeações acontecem depois de os chineses terem reforçado a sua posição no aumento de capital do BCP. A Fosun passou a controlar 23,9% da instituição liderada por Nuno Amado, ficando com autorização para chegar ao patamar dos 30%.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

BCP aumenta administração com três não-executivos da Fosun

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião