Siesta & Go: entre e durma uma sesta

  • Juliana Nogueira Santos
  • 29 Junho 2017

No país oficial da siesta abriu um "café de sestas" onde os clientes podem cochilar um pouco, ou apenas descansar da confusão da grande cidade.

Abriu, mesmo no centro de Madrid, o Siesta & Go, um “café de sestas” onde os clientes podem relaxar e aproveitar a siesta. Por cerca de 14 euros por hora, o cliente tem direito a uma cama e uma secretária, onde este pode cochilar um pouco, ou apenas descansar da confusão da cidade, havendo também pacotes mais sofisticados.

O conceito não é novo, sendo que a dona, Maria Estrella Jorro de Inza, se inspirou nos “hotéis cápsula” de Tóquio. Ainda assim, e sendo Espanha o país oficial da siesta, este surge como uma oportunidade de negócio que ainda não estava a ser devidamente aproveitada, como disse à Bloomberg a fundadora do café.

“É curioso como somos conhecidos pela siesta, mas ainda não nos profissionalizamos nisso”, afirmou Maria Estrella. “Recebemos muitos homens de fato que só querem relaxar e mulheres que só querem tirar os saltos altos. A hora do almoço é a mais ocupada.”

Assim, os clientes deste estabelecimento têm as mais variadas profissões e origens, desde banqueiros, passando por advogados, até consultores. A sua localização na principal zona financeira da capital espanhola, a AZCA, faz com que o interesse seja ainda maior. O “café de sestas” disponibiliza também serviços corporativos e para grupos.

Pode ver as instalações do Siesta & Go na galeria abaixo.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Siesta & Go: entre e durma uma sesta

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião