Siesta & Go: entre e durma uma sesta

  • Juliana Nogueira Santos
  • 29 Junho 2017

No país oficial da siesta abriu um "café de sestas" onde os clientes podem cochilar um pouco, ou apenas descansar da confusão da grande cidade.

Abriu, mesmo no centro de Madrid, o Siesta & Go, um “café de sestas” onde os clientes podem relaxar e aproveitar a siesta. Por cerca de 14 euros por hora, o cliente tem direito a uma cama e uma secretária, onde este pode cochilar um pouco, ou apenas descansar da confusão da cidade, havendo também pacotes mais sofisticados.

O conceito não é novo, sendo que a dona, Maria Estrella Jorro de Inza, se inspirou nos “hotéis cápsula” de Tóquio. Ainda assim, e sendo Espanha o país oficial da siesta, este surge como uma oportunidade de negócio que ainda não estava a ser devidamente aproveitada, como disse à Bloomberg a fundadora do café.

“É curioso como somos conhecidos pela siesta, mas ainda não nos profissionalizamos nisso”, afirmou Maria Estrella. “Recebemos muitos homens de fato que só querem relaxar e mulheres que só querem tirar os saltos altos. A hora do almoço é a mais ocupada.”

Assim, os clientes deste estabelecimento têm as mais variadas profissões e origens, desde banqueiros, passando por advogados, até consultores. A sua localização na principal zona financeira da capital espanhola, a AZCA, faz com que o interesse seja ainda maior. O “café de sestas” disponibiliza também serviços corporativos e para grupos.

Pode ver as instalações do Siesta & Go na galeria abaixo.

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Siesta & Go: entre e durma uma sesta

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião