BCP anima PSI-20 mas EDP trava ganhos

  • Rita Atalaia
  • 3 Julho 2017

A praça lisboeta foi animada pelos ganhos de mais de 2% do BCP. Mas a EDP voltou a cair, o que afastou Lisboa dos ganhos expressivos na Europa. Foi o maior ciclo de quedas de sempre da elétrica.

O PSI-20 encerrou no verde pela segunda sessão consecutiva. O índice de referência nacional foi animado pela valorização do BCP. O banco liderado por Nuno Amado ganhou mais de 2%. Mas a queda da EDP acabou por afastar a praça portuguesa dos ganhos expressivas na Europa. A elétrica caiu pela décima sessão consecutiva.

O índice de referência nacional, o PSI-20, somou 0,58% para 5.183 pontos. “A sessão foi positiva para os mercados europeus, incluindo para o nacional”, afirmam analisas do BPI. Os pesos pesados deram ânimo a Lisboa, com destaque para o BCP. O banco somou 2,04% para 0,24 cêntimos, o que reflete “as valorizações do respetivo setor na Europa e nos EUA”, acrescentam.

Mas não foi a única cotada que se destacou. A EDP Renováveis avançou 0,60% e a Jerónimo Martins somou 0,26%. Já a Galp Energia valorizou quase 2%, num dia em que os preços do petróleo registaram subidas expressivas. O Brent, negociado em Londres, avança 1,33% e aproxima-se do patamar dos 50 dólares.

Esta subida do PSI-20 podia ter sido maior se não fosse a EDP. A empresa liderada por António Mexia, arguido no caso dos CMEC, voltou a cair — cedeu 0,24% para 2,86 euros — acumulando já perdas de mais de 700 milhões de euros em dez sessões. É o maior ciclo de quedas de sempre para a EDP.

Outra nota de destaque vai para a Caixa Económica Montepio Geral. As unidades de participação do fundo do banco da mutualista ganharam 1,24% depois de a Associação Mutualista Montepio Geral e Santa Casa da Misericórdia de Lisboa terem anunciado um memorando de entendimento que deixa a Santa Casa mais próxima de entrar no capital do Montepio.

No resto da Europa, os principais índices acionistas registaram ganhos ainda mais expressivos. O espanhol IBEX, o francês CAC-40 e o italiano FTSE Mib valorizaram entre 1% e 2%.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

BCP anima PSI-20 mas EDP trava ganhos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião