Combustíveis vão baixar. Gasóleo cai o dobro da gasolina

  • Rita Atalaia
  • 14 Julho 2017

Depois de o preço do gasóleo ter registado a maior subida em três meses, a próxima semana volta a ser de descidas. Tanto para o diesel, como para a gasolina. A queda é acentuada pela subida do euro.

Atestar o depósito do carro na próxima semana vai sair mais barato. O barril do petróleo até valorizou na última semana, mas os derivados acabaram por apresentar variações negativas que foram acentuadas pela valorização da moeda única. Depois da forte subida do gasóleo esta semana, o litro deste combustível é o que tem mais margem para cair na próxima.

Depois da subida de dois cêntimo, o diesel deverá baixar cerca de um cêntimo no arranque da semana, de acordo com os cálculos do ECO com base nos dados da Bloomberg. E mesmo a gasolina tem margem para apresentar uma redução de meio cêntimo por litro nos postos de abastecimento nacionais.

Com estas descidas, o litro da gasolina simples de 95 octanas o preço médio de venda deste combustível deverá recuar para 1,415 euros, abaixo dos 1,420 atuais, segundo os dados da Direção-Geral de Energia e Geologia. No caso do gasóleo, que está a ser comercializado a 1,196, deverá assistir-se a uma descida para um valor médio em torno de 1,185 euros.

É um novo alívio após uma subida acentuada que vem em sentido contrário ao da evolução dos preços do petróleo nos mercados internacionais. O petróleo superou novamente a fasquia dos 45 dólares com a quebra das reservas nos EUA. As cotações da gasolina e do gasóleo também subiram, mas o saldo médio semanal, que é o utilizado pelas petrolíferas para atualizarem os preços, foi negativo.

A ajudar à descida das cotações esteve o euro, apesar dos ganhos ligeiros face ao dólar. Enquanto em dólares se assistiu a uma queda de 1,54% na cotação média semanal da tonelada métrica do gasóleo, em euros essa descida foi mais expressiva (-1,86%), permitindo uma poupança maior aos muitos portugueses que utilizam este combustível.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Combustíveis vão baixar. Gasóleo cai o dobro da gasolina

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião