Explorers: Epic Tours eleita a melhor ideia para o turismo

Eram doze as ideias que estavam em jogo para a criação e aceleração de novas startups para a área do turismo. A equipa de Castelo Branco, Epic Tours foi a vencedora da 1ª edição do Explorers.

Chegou ao fim a primeira fase ideação, do programa Tourism Explorers, um programa nacional de criação e aceleração de novas startups para a área do turismo, que decorreu em doze cidades em simultâneo.

A grande final desta primeira fase, que decorreu esta quinta-feira na Porto Business School, teve como grande vencedora a ideia da EPIC TOURS, uma startup de Castelo Branco. A ideia é apresentar uma oferta personalizada de viagens em motociclo pelo centro de Portugal, aproveitando os recursos e oportunidades já disponibilizados pelas várias entidades que trabalham na valorização e dinamização de cada um dos subsegmentos do território: aldeias do xisto, aldeias históricas, aldeias de montanha, Naturtejo, Costa de Prata, Aveiro, Coimbra e litoral Oeste.

Constituída por três elementos — João Pedro Dias, Ricardo Martins e Mário Dias –, o grande desafio da Epic Tours é criar sinergias entre parceiros, operadores e experiências distintivas. Os membros da ideia vencedora consideram que o centro de Portugal é um território com várias redes e pontos de interesse turístico, mas com difícil deslocação para o turista convencional.

Com tudo pensado, a Epic Tours faz depender o seu negócio de parcerias com agências de promoção turística, promotores turísticos e outsourcing rent-a-mato. Aliás, os mentores da ideia propõem-se organizar tours individuais e de grupo, criar uma rede de alojamentos e oficinas, um selo motorbike friendly e team buildings.

Para já, a equipa vencedora desta primeira fase arrecadou dois mil euros e foi convidada, como todas as outras ideias escolhidas das 12 cidades participantes, a aderir à segunda fase do programa que começa em setembro. Nesta segunda fase — a aceleração –, os participantes são chamados a validar o modelo de negócio num programa de oito semanas que segue a metodologia FastStart da Fábrica de Startups.

A 23 de outubro acontece a grande final nacional de aceleração onde serão apresentados os projetos vencedores de cada cidade e a seleção do grande vencedor nacional, a realizar na Startup Braga.

"A ideia é fazer destes projetos um grande sucesso.”

António Lucena de Faria

Fundador e presidente da Fábrica de Startups

Para António Lucena de Faria, presidente e fundador da Fábrica de Startups, a ideia “é fazer destes projetos um grande sucesso”. O fundador da Fábrica de Startups diz que “este programa cumpre a grande missão de ajudar as pessoas a serem empreendedoras”. “Estamos aqui para facilitar a vida dessas pessoas, porque também queremos que tenham boas hipóteses de sucesso”. Acerca de descentralização da iniciativa, que levou o programa a 12 cidades de Portugal, Lucena de Faria acrescentou: “Temos ainda como objetivo levar os nossos programas para o interior do nosso país, onde existem muitas oportunidades para serem criados bons negócios”.

Já Carlos Abade, do Turismo de Portugal, congratulou-se pela iniciativa e relembrou os grandes números do turismo: as receitas turísticas no ano passado atingiram os 12,7 mil milhões de euros. “Todos estes projetos têm de assentar nos nossos três princípios: sustentabilidade (preservar os nossos recursos), coesão territorial (vantagens do turismo para todo o território e que não fiquem apenas no litoral) e redução da sazonalidade.

Carlos Abade referiu ainda que: “As pessoas estão no centro da nossa atuação: pensar nos turistas, pensar nos residentes e pensar nos profissionais do turismo, sem descurar a questão da inovação”.

O Tourims Explorers resulta de uma parceria entre o Turismo de Portugal e a Fábrica de Startups e conta com a colaboração de várias entidades ligadas ao empreendedorismo: Porto Business School, Startup Braga, CEI-Centro de Empresas inovadoras, Tagus Vaslley, ADRAL- Agência de Desenvolvimento Regional do Alentejo e Startup Angra. A NOS é o parceiro premium do evento e o ECO, o parceiro media.

Ideação

  • Criação de equipas
  • Identificação dos problemas
  • Desenvolvimento da solução
  • Criação do modelo de negócio
  • Pitch

Aceleração

  • Desenho do modelo de negócio
  • Descobrir clientes
  • Criar valor
  • Criar relações
  • Gerar receitas
  • Fornecer valor
  • Planear finanças
  • Planos de ação

Comentários ({{ total }})

Explorers: Epic Tours eleita a melhor ideia para o turismo

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião