Juncker convidado para o próximo Conselho de Estado

  • Lusa
  • 21 Julho 2017

Esta foi a sexta reunião do órgão político de consulta presidencial convocada por Marcelo Rebelo de Sousa desde que tomou posse, em 2016, tendo ocorrido após um período político conturbado.

O Conselho de Estado manifestou esta sexta-feira o seu “profundo pesar pela Tragédia de Pedrógão Grande” e decidiu convidar o presidente da Comissão Europeia para a próxima reunião, que ficou marcada para 30 de outubro.

Na breve nota divulgada após a reunião daquele órgão de consulta presidido por Marcelo Rebelo de Sousa, lê-se que o presidente da Comissão Europeia, Jean Claude Juncker, será o convidado do próximo encontro, a realizar em 30 de outubro.

O Conselho de Estado “formulou um voto de profundo pesar pela Tragédia de Pedrógão Grande, evocando respeitosamente as vítimas e manifestando às respetivas famílias e sua viva solidariedade”, refere a nota divulgada após a reunião.

O órgão de consulta presidencial analisou ainda “a atual conjuntura económica e financeira do país”, refere ainda o texto. As duas reuniões estavam previstas para junho, mas acabaram por ser adiadas devido aos incêndios que atingiram o centro do país nessa altura.

Os democratas-cristãos chegaram até a pedir uma audiência ao Presidente da República para abordar as questões de Pedrógão Grande e de Tancos e pedir as demissões dos ministros da Administração Interna e da Defesa.

No debate sobre o Estado da Nação, no parlamento, em 12 de julho, o primeiro-ministro, António Costa, recusou liminarmente a demissão de Constança Urbano de Sousa, com a pasta da Administração Interna, e de Azeredo Lopes, da Defesa.

Desde que Marcelo Rebelo de Sousa tomou posse, a 9 de março de 2016, realizaram-se já cinco reuniões do Conselho Superior de Defesa Nacional, a primeira logo no mês em que assumiu funções, no dia 24. Em 2016 houve outras três reuniões, em 12 de julho, em 6 de outubro – a bordo do navio-escola “Sagres”, na Base Naval de Lisboa – e em 6 de dezembro, no Porto. Este ano, houve uma reunião, no dia 13 de março.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Juncker convidado para o próximo Conselho de Estado

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião