Marcelo convoca Conselho de Estado e Conselho Superior de Defesa para dia 21

  • ECO
  • 7 Julho 2017

O Presidente da República marcou reuniões com Tancos e Pedrógão Grande em cima da mesa. A reunião do Conselho de Estado esteve agendada para a última semana de junho mas foi adiada.

Marcelo Rebelo de Sousa convocou para dia 21 de julho uma reunião com o Conselho de Estado e o Conselho Superior de Defesa, avança o Expresso e confirmou fonte de Belém à Lusa. Embora ainda não haja agenda oficial, é certo que o assalto a Tancos e o incêndio de Pedrógão Grande serão dois dos temas principais.

Segundo a mesma fonte, a reunião do Conselho de Estado tinha sido marcada para a última semana de junho mas acabou por ser adiada, com a atualidade ocupada pelos fogos, que causaram a morte a 64 pessoas e fizeram 200 feridos, e pelo roubo na base militar. Com o primeiro-ministro está de férias, o Presidente marca a reunião para o final de mês, quando António Costa já estará de volta.

O Expresso assinala ainda que a agenda ainda não é conhecida. É a primeira reunião destes órgãos desde o incêndio de Pedrógão Grande.

Esta é a sexta reunião do órgão político de consulta presidencial convocada por Marcelo Rebelo de Sousa, que imprimiu ritmo trimestral às reuniões do Conselho de Estado. A última reunião do Conselho de Estado realizou-se no dia 31 de março.

Artigo atualizado às 13h38 com a confirmação da informação à Lusa por fonte de Belém

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Marcelo convoca Conselho de Estado e Conselho Superior de Defesa para dia 21

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião