Lucro da Media Capital aumenta 13% até junho

  • Lusa
  • 27 Julho 2017

Os lucros da Media Capital aumentaram 13% no primeiro semestre deste ano, para os 8,3 milhões de euros, informou ao regulador do mercado a empresa dona da TVI.

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a Media Capital indica que o EBITDA (resultados antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) do grupo subiu 1% face ao período homólogo, para os 17,3 milhões de euros, “beneficiando do esforço de redução de custos (-9%)”.

No segmento de televisão, o EBITDA aumentou 3% para os 15,1 milhões de euros, ao passo que, no segmento de rádio, recuou 1% para os 2,6 milhões de euros.

Entre janeiro e junho, os rendimentos consolidados de publicidade recuaram 5% face ao primeiro semestre de 2016, “em virtude sobretudo do primeiro trimestre, já que no segundo a publicidade recuou somente 1%”.

Na nota, a Media Capital refere que “a TVI manteve a liderança de audiências em televisão, registando no primeiro semestre uma média de quota de audiência de 21,4% e de 25%, no total do dia e no horário nobre, respetivamente”.

Este desempenho representa uma diferença face ao segundo canal mais visto de “4,3 pontos percentuais no primeiro caso e de 3,3 pontos”.

A empresa indica também que “o conjunto das rádios do grupo Media Capital registou o maior share de audiência de sempre, de 38,1%”, acrescentando que “a Rádio Comercial manteve a liderança, com um share de 24,6%, ao passo que a m80 obteve uma melhoria muito relevante, atingindo mesmo um novo máximo histórico, de 9,7%”.

A 14 de julho, a francesa Altice, que comprou a PT Portugal por cerca de sete mil milhões de euros, anunciou que chegou a acordo com a Prisa para a compra da Media Capital por 440 milhões de euros, mas o negócio aguarda ainda pareceres da Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC), que é vinculativo, e da Autoridade da Concorrência (AdC).

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Lucro da Media Capital aumenta 13% até junho

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião