Há mais depósitos com mais de 100 mil euros

  • ECO
  • 20 Agosto 2017

O valor global destas grandes contas chegou aos 65.028 milhões de euros, mas continuam a ser muito poucas as contas que têm saldos acima da fasquia dos 100 mil euros.

Mesmo com a entrada em vigor das regras que permitem envolver os grandes depositantes em caso de colapso de um banco, estão a aumentar os depósitos com valores acima dos 100 mil euros. Os dados do Fundo de Garantia de Depósitos (FGD) revelam que o saldo destas contas superou a fasquia dos 65 mil milhões de euros.

O valor global destas grandes contas chegou aos 65.028 milhões de euros em junho do ano passado (última data para a qual há dados recolhidos pelo FGD), o que representa uma subida de 12% (6932 milhões) face a idêntico período de 2015, revela o Público (acesso condicionado).

O valor atual dos grandes depósitos é o mais elevado desde 2011, sendo que não supera esse nível por muito pouco — 2011 foi o ano em que Portugal foi alvo de resgate.

O Público refere que nada é dito no relatório e contas do FGD sobre o porquê do crescimento dos grandes depósitos, cujo ritmo foi superior ao dos depósitos elegíveis (6,6%, para 172.031 milhões de euros) e do montante global coberto pela garantia (4,3%, para 130.211 milhões).

O crescimento do saldo destas contas marca uma inversão face à evolução nos 12 meses anterior, quando se tinha verificado uma descida de 6%. E isto quando os depósitos acima de 100 mil euros passou a potencial alvo das autoridades caso seja necessário intervir num banco.

Poucos têm muito dinheiro

O valor global destas grandes contas chegou aos 65.028 milhões de euros, mas continuam a ser muito poucas as contas que têm saldos acima da fasquia dos 100 mil euros. O relatório e contas do FGD aponta para que apenas 1,5% do total de contas tenha um saldo acima dos seis dígitos.

Cerca de 1,5% do total de depositantes têm contas com mais de cem mil euros (contra os anteriores 1,3%), refere o Público. A esmagadora maioria, 79,8%, detém menos de dez mil euros, sendo que há casos de pessoas com mais de uma conta, até porque o universo de titulares elegíveis pelo FGD, 15,7 milhões, é superior ao da população residente em Portugal.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Há mais depósitos com mais de 100 mil euros

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião