Euro cai. A culpa é da inflação e do BCE

  • ECO
  • 31 Agosto 2017

Os dados sobre a inflação e as preocupações manifestadas pelo banco central sobre a valorização da moeda, estão a pressionar o euro.

Após a escalada para máximos de dois anos, o euro cai face ao dólar esta quinta-feira. As preocupações manifestadas pelos membros do Banco Central Europeu (BCE) em relação ao desempenho da moeda única, noticiadas pela Reuters, e os dados da inflação na Zona Euro revelados na manhã desta quinta-feira, estão a pressionar a divisa. A moeda segue a desvalorizar 0,32% para os 1,1846 dólares.

Trata-se da primeira queda do euro desde a passada quarta-feira, altura em que a Moody’s publicou um relatório a rever em alta as previsões para o crescimento da economia da região.

A uma semana da reunião do BCE, prevista para 7 de setembro, os oficiais do banco central mostraram-se preocupados com a evolução do euro face ao dólar, que apesar da queda de hoje continua em máximos de desde janeiro de 2015. A somar às preocupações do BCE, o Eurostat anunciou esta manhã uma estagnação da taxa de inflação subjacente nos 1,3% no mês de agosto na zona euro.

De forma a evitar subidas excessivas do euro, a Reuters fala de uma retirada mais lenta do que o esperado dos estímulos monetários (o quantitive easing) por parte do BCE.

Comentários ({{ total }})

Euro cai. A culpa é da inflação e do BCE

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião