Estado compra quadros de Maria Helena Vieira da Silva por 5,6 milhões de euros

  • Lusa
  • 7 Setembro 2017

A compra de seis obras da pintora Maria Helena Vieira da Silva foi aprovada esta quinta-feira em Conselho de Ministros.

O Governo aprovou esta quinta-feira, em Conselho de Ministros, a compra, pela Direção-Geral do Património Cultural, de seis obras da pintora Maria Helena Vieira da Silva, pelo valor global de 5.584.170 de euros.

“O Estado exerce assim o direito de opção de compra, previsto no protocolo celebrado entre o Estado Português, a Fundação Arpad Szènes – Vieira da Silva e os herdeiros do colecionador Jorge de Brito, em 9 de agosto de 2011, decisão que vem assegurar a manutenção no país e fruição pública das obras de uma das mais consagradas artistas nacionais“, lê-se no comunicado distribuído no final da reunião do Governo.

Numa audição parlamentar, realizada no passado mês de março, o ministro da Cultura, Luís Filipe Castro Mendes, garantiu que o Estado estava “decidido a exercer o poder de compra sobre o acervo de Vieira da Silva”, adiantando então que a negociação decorria entre o Ministério das Finanças e os herdeiros do colecionador Jorge de Brito, proprietários das obras.

As seis pinturas em causa – “Novembre” (1958), “La Mer” (1961), “Au fur et à mesure” (1965), “L’Esplanade” (1967), “New Amsterdam I” e “New Amsterdam II” (1970) – estão expostas em conjunto, no Museu Arpad Szènes – Vieira da Silva, em Lisboa.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Estado compra quadros de Maria Helena Vieira da Silva por 5,6 milhões de euros

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião