Ministro da Saúde reúne-se com enfermeiros em greve

  • Lusa e ECO
  • 12 Setembro 2017

O primeiro-ministro esteve reunido com o ministro da Saúde. António Costa ajudou Adalberto Campos Fernandes a preparar-se para uma reunião com os enfermeiros, que estão em greve até sexta-feira.

O primeiro-ministro esteve em São Bento reunido com o ministro da Saúde a preparar uma reunião que Adalberto Campos Fernandes terá esta terça-feira com o Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP). Os enfermeiros estão em greve até sexta-feira, contra a recusa do Ministério da Saúde em aceitar a proposta de atualização gradual dos salários e de integração da categoria de especialista na carreira.

Fonte oficial do Executivo disse à Lusa que António Costa e o titular da pasta da Saúde estiveram reunidos no final do Conselho de Ministros Extraordinário, que também teve lugar em São Bento e que foi dedicado exclusivamente ao tema das opções estratégicas de Portugal para os quadros comunitários de apoio na próxima década.

Esta reunião entre o líder do Executivo e o ministro da Saúde, depois de um dia de greve nacional dos enfermeiros, levou António Costa a cancelar a sua presença, na qualidade de secretário-geral do PS, numa ação de campanha de apoio à reeleição do atual presidente da Câmara de Arruda dos Vinhos, André Rijo.

Foi na segunda-feira que os enfermeiros iniciaram uma greve de cinco dias, marcada pelo Sindicato Independente dos Profissionais de Enfermagem (SIPE), que decorrerá até sexta-feira, contra a recusa do Ministério da Saúde em aceitar a proposta de atualização gradual dos salários e de integração da categoria de especialista na carreira.

Estes profissionais reclamam ainda a aplicação do regime das 35 horas semanais de trabalho a todos os enfermeiros. José Correia Azevedo, presidente do Sindicato dos Enfermeiros, avisa, numa entrevista ao jornal i, que “se não tirarem as faltas, há outra greve” e acusa o ministro da Saúde de estar “a fazer as coisas de forma muito desonesta”. Segundo o presidente, os serviços mais afetados pelo primeiro dia de greve foram os blocos cirúrgicos e as consultas, com a adesão a rondar os 85% a nível nacional.

Segundo o DN, foram mais de 14 mil os enfermeiros que optaram por sair do país desde 2010. Em Portugal, estes profissionais têm rendimentos brutos anuais de perto de 16.800 euros, enquanto, no Reino Unido, recebem pelo menos 28.965 euros, um valor que vai aumentando conforme os anos de experiência.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Ministro da Saúde reúne-se com enfermeiros em greve

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião