Propostas de Juncker vão “simplificar a Europa”, diz Carlos Moedas (em vídeo)

O comissário europeu Carlos Moedas gravou um vídeo com a reação ao discurso do Estado da União, proferido por Jean-Claude Juncker na manhã desta quarta-feira.

O comissário europeu Carlos Moedas reagiu ao discurso do Estado da União, proferido pelo presidente da Comissão Europeia esta manhã, dizendo que “foi um discurso excelente” porque teve “visão e propostas concretas” para os cidadãos europeus. As declarações fazem parte de um curto vídeo que o comissário português, que tutela as pastas da Ciência, da Investigação e da Inovação, gravou no final do discurso.

Para Carlos Moedas, o discurso de Jean-Claude Juncker teve “visão de igualdade, visão de liberdade e visão da força da lei para o sonho europeu”. “O presidente Juncker teve a coragem de ter propostas que foram muito concretas para os cidadãos europeus, como ter um ministro das Finanças e da Economia europeu e mudar algumas das decisões que fazemos por recurso à unanimidade para maiorias e maiorias qualificadas, agilizando as coisas e permitindo melhores formas de decidir no futuro”, disse o comissário.

Moedas enalteceu ainda a proposta de fundir as figuras do presidente da Comissão Europeia e do presidente do Conselho Europeu, que dará origem à “cara da União”, isto é, uma pessoa que represente a União Europeia. E concluiu: “Foi um discurso extremamente bem recebido. Foi otimista e muito concreto para os cidadãos. Vai simplificar a Europa.”

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Propostas de Juncker vão “simplificar a Europa”, diz Carlos Moedas (em vídeo)

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião