Parlamento Europeu ouve FIFA e UEFA sobre Football Leaks

  • Tiago Varzim
  • 21 Setembro 2017

Representantes da FIFA, da UEFA e da Associação Europeia de Agentes de Futebol (EFAA) vão ao Parlamento Europeu na próxima semana para serem ouvidos sobre a investigação Football Leaks.

A comissão de inquérito que está a investigar os Panama Papers vai realizar uma audição com os representantes da FIFA, da UEFA e da Associação Europeia de Agentes de Futebol (EFAA). A sessão decorre na próxima terça-feira no Parlamento Europeu, em Bruxelas.

Sob o tema “Planeamento fiscal: Estão as celebridades e as empresas a violar o direito europeu?”, os representantes das associações que controlam o futebol europeu vão ter de responder perante os eurodeputados. Esta comissão de inquérito conta com a eurodeputada socialista, Ana Gomes, como vice-presidente e ainda com a presença dos eurodeputados portugueses Nuno Melo (CDS), José Manuel Fernandes (PSD) e Miguel Viegas (PCP).

Os tópicos da sessão passam pela transparência do mercado de transferências dos jogadores, o financiamento dos clubes europeus e os direitos de imagem dos profissionais. A sessão começará com uma introdução do jornalista Merijn Rengers, do jornal holandês NRC Handelsblad, que integrou o consórcio de jornalistas European Investigative Collaborations (EIC) — a entidade responsável pela investigação do Football Leaks.

Este caso afetou também vários futebolistas portugueses. A investigação divulgada no final do ano passado refere os nomes de Cristiano Ronaldo, Fábio Coentrão, Jorge Mendes, Ricardo Carvalho e José Mourinho. O caso mais mediático foi o de Ronaldo: o internacional português foi acusado pela justiça de defraudar o fisco espanhol em 14,7 milhões de euros.

O jogador recusou-se a pagar o valor reivindicado pelo fisco antes de ir a tribunal. A sessão aconteceu a 31 de julho e teve cobertura mundial. Em comunicado após a audição de hora e meia, Ronaldo garantiu que “nunca houve a mínima intenção de evasão de impostos”. “Quem me conhece sabe o que peço aos meus assessores: que tenham tudo em dia e corretamente pago, porque não quero problemas”, acrescentou o jogador.

Comentários ({{ total }})

Parlamento Europeu ouve FIFA e UEFA sobre Football Leaks

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião