Bosch de Ovar alarga fábrica e quer chegar aos mil postos de trabalho

  • ECO
  • 22 Setembro 2017

A fábrica de Ovar é o principal ponto de produção dos sistemas de videovigilância, comunicação e deteção de incêndio do grupo alemão.

A fábrica da Bosch Sistemas de Segurança, em Ovar, recebeu um investimento de 2,9 milhões de euros para a ampliação do espaço e o alargamento da força de trabalho. O novo espaço de produção tem 4.000 metros quadrados e, até 2019, vai permitir à fábrica atingir os mil postos de trabalho. Esta é o principal ponto de produção dos sistemas de videovigilância, comunicação e deteção de incêndio do grupo alemão.

Em declarações ao Jornal de Negócios (acesso pago), António Pereira, administrador da fábrica estima que o negócio irá crescer 45% de 2017 a 2018, com esta a apostar também na área de Investigação e Desenvolvimento. Até março do próximo ano, a fábrica vai criar mais 240 postos de trabalho, estendendo o quadro de 689 trabalhadores.

Mas este não é o objetivo maior: “O que está projetado é crescer até mil trabalhadores até ao final de 2019”, garantiu, António Pereira. A Investigação e Desenvolvimento vai permitir também concentrar em Ovar o processo completo de desenvolvimento do produto.

Em 2016, o grupo Bosch registou vendas de 1,1 mil milhões de euros em território português.

Comentários ({{ total }})

Bosch de Ovar alarga fábrica e quer chegar aos mil postos de trabalho

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião