Tem fogão da Bosch ou Siemens? Pode explodir

  • Lusa
  • 4 Outubro 2016

O Grupo BSH Home Appliances alertou esta terça-feira os seus clientes para o risco de explosão nos fogões a gás das marcas Bosch, Siemens e Balay produzidos entre janeiro de 2009 e outubro de 2011.

Em comunicado divulgado pela imprensa esta terça-feira, o grupo lamenta a situação e pede aos clientes que tenham adquirido aqueles eletrodomésticos para entrarem em contacto com a empresa com vista à substituição de uma peça.

Na sequência do problema, o grupo vai oferecer a substituição gratuita do encaixe de ligação por um técnico certificado a todos os proprietários de eletrodomésticos afetados.

"O risco de explosão deve-se à existência de possíveis danos num encaixe da ligação de gás. Em determinadas circunstâncias, poderão ocorrer fugas de gás e, em casos extremamente raros, poderá existir risco de explosão”

Grupo BSH

Em comunicado divulgado esta terça-feira

“A situação será realizada na casa do proprietário e resolve totalmente o problema”, é explicado no comunicado.

O grupo aconselhou os clientes a desligar o fornecimento de gás ao eletrodoméstico e interromper a ligação do mesmo para evitar quaisquer riscos possíveis até à substituição do encaixe da ligação do eletrodoméstico afetado.

Em caso de dificuldades na confirmação do problema no eletrodoméstico ou dúvidas, o grupo pede aos clientes que liguem para a linha de assistência 800 910 250 ou acedam ao ‘site’ www.gascookingsafety.com.

O Grupo BSH Home Appliances encontra-se licenciado para uso das marcas comerciais Siemens e Bosch.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Tem fogão da Bosch ou Siemens? Pode explodir

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião