Empresas norte-coreanas na China têm 120 dias para fechar

  • ECO
  • 28 Setembro 2017

Faz parte da última ronda de sanções a Pyongyang e poderá ser um duro golpe ao regime de Kim Jong-Un - todos os negócios, incluindo unipessoais ou joint ventures com chineses, terão de fechar.

Todas as empresas norte-coreanas com negócios na China vão ter de fechar portas nos próximos 120 dias. Esta quinta-feira as autoridades chinesas anunciaram esta sanção, uma de várias que impõem a partir de agora sobre o Governo norte-coreano, como reprimenda pela sua insistência em realizar testes nucleares e fazer ameaças de realizar ataques com o seu armamento.

A sanção inclui joint ventures entre norte-coreanos e chineses, e mesmo empresas unipessoais detidas por cidadãos norte-coreanos. As empresas têm 120 dias para encerrar, de acordo com o Ministério do Comércio, citado pelo South China Morning Post.

Algumas empresas ficam isentas desta sanção — aquelas que foram aprovadas pelo Conselho de Segurança das Nações Unidas, que incluem projetos de infraestrutura sem fins comerciais ou empresas sem fins lucrativos.

Esta sanção surge no âmbito de uma resolução aprovada no dia 11 de setembro pelo Conselho Segurança das Nações Unidas. As sanções incluiriam cortes no acesso dos norte-coreanos a importações de petróleo e uma proibição das suas exportações de têxteis.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Empresas norte-coreanas na China têm 120 dias para fechar

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião