Advocatus assinala 90 edições. E passa a ser ‘powered’ by ECO

  • ECO
  • 29 Setembro 2017

A revista Advocatus chega ao mercado neste último número antes de passar para a gestão editorial do ECO com a história de 90 edições.

Os protagonistas e os temas da advocacia portuguesa dos últimos sete anos estão em destaque na última edição da Advocatus, com a chancela editorial da Newsengage. A partir de segunda-feira, a revista de referência na advocacia e do direito passará a ser ” powered by ECO”.

Assim, nesta edição, a Advocatus passa em revista sete anos em que foi dada voz e palco à atualidade da profissão, mas também à atualidade do sistema de justiça. É que, além dos advogados dos principais escritórios sediados em Portugal, também outros players judiciários partilharam a sua visão nas páginas da Advocatus, como Guilherme d’Oliveira Martins enquanto presidente do Tribunal de Contas, de Alfredo José de Sousa na qualidade de Provedor de Justiça, entre outros.

Neste último número antes da transferência para a gestão editorial, comercial e de marketing do ECO, não se fala apenas de Direito: cinco advogados mostram que há vida para lá do escritório – Manuel Magalhães e Silva veste a jaleca de cozinheiro, João Miguel Barros foca a objetiva, Fernando Veiga Gomes empenha-se no green, Miguel Quintans enfrenta as ondas e Isabel Gião Andrade aventura-se na escalada.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Advocatus assinala 90 edições. E passa a ser ‘powered’ by ECO

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião