BlackRock reforça no BCP

A BlackRock aumentou a sua participação no capital do BCP e segue as pisadas da Fosun e do Norges Bank que, em setembro, tinham também reforçado no capital do banco liderado por Nuno Amado.

A gestora de ativos BlackRock reforçou a sua presença no capital do BCP. A participação da BlackRock é agora de 2,64% (anteriormente era de 2,04%), segundo um comunicado enviado esta segunda-feira à Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

“O Banco Comercial Português, S.A. (“BCP”) informa ter recebido da BlackRock, Inc. a comunicação que se anexa, dando nota que, na sequência da transação efetuada no dia 28 de setembro de 2017, passou a deter uma participação de 2,64% no capital social do BCP”, pode ler-se no comunicado emitido pela instituição liderada por Nuno Amado.

Do total do capital da BlackRock, 2,02% corresponde a direitos detidos através de ações, já os restantes 0,62% correspondem a direitos obtidos através de instrumentos financeiros.

Este reforço no capital do BCP, acontece depois de a Fosun, através da sua filial, Chiado, ter anunciado que passou a deter uma participação de 25,16% no capital social do banco e do Norges Bank ter igualmente reforçado a sua participação, passando a deter 2,544%.

Comentários ({{ total }})

BlackRock reforça no BCP

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião