Oi: Diretor financeiro renuncia. Carlos Brandão assume

  • Lusa e ECO
  • 3 Outubro 2017

Carlos Brandão vai acumular as funções de diretor da Oi com a de diretor financeiro da empresa após o antigo responsável apresentar a demissão.

O diretor da Oi, Carlos de Almeida Brandão, foi designado para acumular interinamente as funções de diretor, que exerce, com as de diretor financeiro e relações com investidores, após a renúncia do antigo responsável.

A Pharol informou esta terça-feira, num comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), que a designação foi feita depois do diretor financeiro e relações com investidores da Oi, em recuperação judicial, Ricardo Malavazi Martins, ter renunciado ao cargo.

A portuguesa Pharol é acionista de referência da operadora brasileira Oi, que se encontra em processo de recuperação judicial — o maior na história do Brasil, envolvendo 55.080 credores e uma dívida de 63,95 mil milhões de reais (cerca de 18 mil milhões de euros).

Em agosto, a valorização da operadora brasileira refletiu-se positivamente no balanço do primeiro semestre da Pharol, que lucrou 62 milhões de euros com a participação de 27% no capital da operadora brasileira.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Oi: Diretor financeiro renuncia. Carlos Brandão assume

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião