EDP Funciona agora também com auditoria à iluminação da casa

  • ECO + EDP
  • 19 Outubro 2017

Os clientes com o serviço Funciona podem, a partir de agora e sem custos adicionais, optar anualmente por um diagnóstico às lâmpadas que podem ser substituídas por soluções mais eficientes.

A EDP lançou um novo serviço para os clientes com o serviço Funciona, oferecendo-lhes, sem custos adicionais, a possibilidade de optarem anualmente por uma auditoria à iluminação das suas casas. Se assim desejarem, podem substituir as suas lâmpadas por soluções mais eficientes disponibilizadas a preços competitivos. Este serviço passa agora a estar disponível como alternativa às revisões das instalações de gás e de eletricidade para todos os clientes residenciais.

Esta auditoria inclui um diagnóstico para identificar as lâmpadas com potencial de melhoria, em termos de eficiência energética, e a possibilidade de as trocar no momento da visita do técnico Funciona.

O técnico elabora um relatório em que identifica as lâmpadas que o cliente pode substituir por LED, quantifica a poupança que poderá obter e apresenta um orçamento para efetuar a substituição. O valor da compra das novas lâmpadas pode ser incluído na fatura de energia.

Este serviço passa agora a estar disponível para todos os clientes residenciais, mas os testes realizados nos últimos meses, num projeto-piloto efetuado pela EDP, comprovam o seu sucesso. Foram já realizadas aproximadamente seis mil auditorias, que resultaram na instalação de cerca de 19.500 LED, com índices de satisfação elevados.

Para a EDP, a criação deste novo serviço é um passo natural, tendo em conta a presença que o Funciona já tem hoje em milhares de lares portugueses, com múltiplas alternativas para os clientes terem mais conforto, segurança e, agora, eficiência energética a um preço muito competitivo.

Lançado em 2013, o serviço Funciona atingiu perto de 120 mil intervenções realizadas só no primeiro semestre deste ano. Dos serviços urgentes disponibilizados, os mais requisitados pelos clientes são os trabalhos de eletricidade e de canalização. Já nos serviços de assistência técnica, a máquina de lavar roupa, o esquentador e a máquina de lavar loiça são os equipamentos para os quais os clientes solicitam um maior número de intervenções.

A EDP tem neste momento a decorrer uma campanha em que oferece 10% de desconto na eletricidade durante um ano para os clientes que aderirem ao serviço Funciona, acrescentando ainda o desconto de 50% no valor da mensalidade deste serviço nos primeiros três meses após a adesão. Mais informações aqui.

O lançamento da nova oferta do serviço Funciona está a ser acompanhada por uma campanha publicitária multimeios com a duração de três semanas. A assinatura “Com a EDP Funciona” pretende refletir a eficácia e conforto garantidos pelo serviço, simbolizados pela imagem de um técnico que faz cada vez mais parte da vida dos portugueses e que protagoniza a campanha.

O filme, cuja criatividade foi desenvolvida pela agência criativa MSTF Partners, foi produzido pela Krypton e contou com a realização de Frederico Oliveira.

A MEC é a agência de meios responsável pela compra do espaço publicitário e a Grand Union Portugal é a agência responsável pelo site.

O jornalismo continua por aqui. Contribua

Sem informação não há economia. É o acesso às notícias que permite a decisão informada dos agentes económicos, das empresas, das famílias, dos particulares. E isso só pode ser garantido com uma comunicação social independente e que escrutina as decisões dos poderes. De todos os poderes, o político, o económico, o social, o Governo, a administração pública, os reguladores, as empresas, e os poderes que se escondem e têm também muita influência no que se decide.

O país vai entrar outra vez num confinamento geral que pode significar menos informação, mais opacidade, menos transparência, tudo debaixo do argumento do estado de emergência e da pandemia. Mas ao mesmo tempo é o momento em que os decisores precisam de fazer escolhas num quadro de incerteza.

Aqui, no ECO, vamos continuar 'desconfinados'. Com todos os cuidados, claro, mas a cumprir a nossa função, e missão. A informar os empresários e gestores, os micro-empresários, os gerentes e trabalhadores independentes, os trabalhadores do setor privado e os funcionários públicos, os estudantes e empreendedores. A informar todos os que são nossos leitores e os que ainda não são. Mas vão ser.

Em breve, o ECO vai avançar com uma campanha de subscrições Premium, para aceder a todas as notícias, opinião, entrevistas, reportagens, especiais e as newsletters disponíveis apenas para assinantes. Queremos contar consigo como assinante, é também um apoio ao jornalismo económico independente.

Queremos viver do investimento dos nossos leitores, não de subsídios do Estado. Enquanto não tem a possibilidade de assinar o ECO, faça a sua contribuição.

De que forma pode contribuir? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

Obrigado,

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

EDP Funciona agora também com auditoria à iluminação da casa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião