Turistas gastaram 17 milhões por dia só no verão

Entre julho e setembro deste ano, foram realizadas em Portugal 23,5 milhões de operações com cartões de pagamento emitidos no estrangeiro, no valor total de 1.586 milhões de euros.

O turismo continua a bater recordes e os gastos dos turistas também. Só nos meses de verão, as compras realizadas em Portugal com cartões emitidos no estrangeiro ultrapassaram os 1,5 mil milhões de euros, o valor mais alto de sempre, segundo os dados divulgados, esta terça-feira, pelo Banco de Portugal.

“As compras realizadas em Portugal com cartões de pagamento emitidos no estrangeiro têm vindo a crescer, especialmente desde 2015”, refere a nota emitida pelo Banco de Portugal. Entre julho e setembro deste ano, foram realizadas 23,5 milhões de operações com cartões de pagamento emitidos no estrangeiro, no montante total de 1.586 milhões de euros, valores que representam “máximos históricos”, indica o regulador.

Feitas as contas, nestes três meses, os estrangeiros deixaram 17,2 milhões de euros, por dia, em Portugal.

Cada compra realizada com cartões estrangeiros totalizou, em média, 67,54 euros. França e Reino Unido foram os mercados que mais gastaram. Os 6,4 milhões de operações realizadas com cartões emitidos em França totalizaram 339 milhões de euros, enquanto os britânicos fizeram 3,4 milhões de operações e gastaram 348 milhões de euros.

Depois destes dois países, Espanha, Alemanha, Holanda e Estados Unidos são os que mais gastaram em Portugal durante este verão.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Turistas gastaram 17 milhões por dia só no verão

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião