Direto BE quer um OE2018 sem cativações nos serviços públicos

  • Marta Santos Silva e Margarida Peixoto
  • 2 Novembro 2017

Governo e partidos discutiram as principais matérias do Orçamento do Estado para 2018. Carga fiscal, metas orçamentais, devolução de rendimentos, estratégia de futuro foram alguns dos temas quentes.

O Orçamento do Estado para 2018 esteve em debate esta quinta-feira na Assembleia da República. António Costa trouxe os trunfos económicos na manga e sublinhou aquela que considera ser uma estratégia para o futuro, contida na proposta de OE2018. Ao mesmo tempo, deixou garantias aos partidos de esquerda que apoiam o Governo de que está disponível para corrigir as alterações previstas para o regime simplificado de IRS.

Já a direita criticou o Executivo por aumentar os impostos de forma encapotada, cortar nos investimentos públicos e não aproveitar a atual conjuntura económica favorável para preparar o futuro da economia portuguesa. O ECO acompanhou o debate em direto — reveja como aconteceu.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

BE quer um OE2018 sem cativações nos serviços públicos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião