Setor industrial na zona euro em máximos de seis anos

  • Lusa
  • 2 Novembro 2017

A elevada procura tem ditado aumentos nas encomendas, que disparam ao ritmo mais alto desde janeiro deste ano. Alemanha, Holanda e Áustria lideram na subida.

O setor industrial na zona euro acelerou em outubro para o valor mais alto desde fevereiro de 2011, com as empresas a receberem mais encomendas e o emprego a crescer, segundo o índice PMI publicado pela consultora Markit.

Photographer: Brent Lewin/Bloomberg

O índice que mede a saúde da indústria subiu para 58,5 pontos em outubro, o valor mais alto em seis anos, com o “forte” crescimento das novas encomendas a disparar ao ritmo mais alto desde janeiro deste ano, motivado pela procura dos países europeus.

Esta subida, liderada pela Alemanha, Holanda e Áustria, traduziu-se numa subida da produção, o que ajudou as empresas a aumentarem os seus ‘stocks’ de produtos finais, refere a Markit.

A consultora destaca também que este aumento da produção animou as empresas a contratar pessoal adicional, fazendo o emprego no setor subir intensamente. Face a esta melhoria, registou-se uma escassez de matérias-primas, o que fez elevar os seus custos. O otimismo empresarial manteve-se igualmente positivo.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Setor industrial na zona euro em máximos de seis anos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião