Apple ajuda Wall Street a bater recordes

  • ECO
  • 3 Novembro 2017

Os industriais S&P500 e o Dow Jones registaram a oitava semana consecutiva de ganhos, enquanto o tecnológico Nasdaq está na sexta semana consecutiva de ganhos.

Um pico nas ações do gigante Apple ajudaram a puxar os principais índices de Wall Street, num dia em que os investidores também estão a digerir os dados do mercado de trabalho nos Estados Unidos.

Os industriais S&P500 e o Dow Jones registaram a oitava semana consecutiva de ganhos, enquanto o tecnológico Nasdaq está na sexta semana consecutiva de ganhos, com as ações a subir para valores recorde.

É o caso da Apple, a empresa cotada em bolsa mais valiosa do mundo, cujas ações subiram 2,6%, num dia em que os clientes já fazem filas para comprar o último modelo do iPhone. A ajudar o desempenho da empresa criada por Steve Jobs estão as vendas superiores ao esperado nos feriados.

O Dow Jones subiu 0,1% para os 23.539,19 pontos, o S&P500 subiu 0,31% para os 2.578,84 pontos e o Nasdaq fechou nos 6.764,44 pontos, após uma subida de 0,74%.

De acordo com o Departamento do Trabalho, foram criados mais 261 mil empregos em outubro. Apesar de ser o melhor registo desde julho de 2016, o número acabou por ficar aquém do aumento de 310 mil postos esperados pelos economistas sondados pela agência Reuters.

Comentários ({{ total }})

Apple ajuda Wall Street a bater recordes

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião