Hawking no Web Summit. “No limiar de um admirável mundo novo”

  • ECO
  • 6 Novembro 2017

Stephen Hawking juntou-se a Guterres e Vestrager na abertura de mais uma edição do Web Summit. A inteligência artificial e o modo como está a mudar o mundo foram os temas do seu discurso.

Stephen Hawking foi o convidado surpresa da sessão de abertura do Web Summit.Web Summit 6 Novembro, 2017

Uma razão para lamentar ter perdido ou alegrar-se por ter tido a oportunidade de marcar presença na primeira noite da maior feira de tecnologia do mundo? Começa com um “H”, é um ídolo da física teórica e já participou diversas vezes na popular série televisiva “A teoria do Big Bang”. Já adivinhou? A António Guterres e Margrethe Vestrager juntou-se, esta segunda-feira, no Altice Arena, Stephen Hawking, para a abertura do Web Summit.

A inteligência artificial e o seu papel no futuro da humanidade foram os tópicos escolhidos pelo cientista, que foi convidado para o evento pela Feedzai (startup portuguesa especializada na prevenção de fraudes). “Não podemos prever o que vamos conquistar, quando as nossas mentes forem ampliadas pela inteligência artificial”, começou Hawking (que discursou via vídeo).

Segundo o professor norte-americano, as novas ferramentas podem vir a abrir a possibilidade de “desfazer alguns dos danos que foram feitos pela última revolução tecnológica, a industrialização”. Stephen Hawking deixou ainda a nota de que se tentará “erradicar a doença e pobreza”.

Cientes dos perigos, mas em harmonia. É assim que o físico prevê a convivência humana com a inteligência artificial. “Todos vocês têm o potencial de forçar as barreiras do aceitável, do espectável e pensar em grande. Estamos no limiar de um admirável novo mundo. É um excitante e precário lugar para se estar e vocês são os pioneiros”, incitou também Hawking.

Paddy Cosgrave — fundador do Web Summit — rematou na abertura do evento: “A inteligência artificial pode ser a melhor ou a pior coisa a acontecer à sociedade desde a revolução industrial”. Este evento de tecnologia decorre de 6 a 9 de novembro, no Altice Arena e na FIL, em Lisboa.

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Hawking no Web Summit. “No limiar de um admirável mundo novo”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião