Novo Lítio concluiu aquisição de novas licenças de exploração

  • ECO
  • 7 Novembro 2017

A empresa australiana que tem um diferendo com a Lusorecursos concluiu a aquisição de novas licenças de exploração. As novas licenças foram adquiridas através da compra da portuguesa Medgold.

A empresa australiana que faz prospeção de lítio em Trás-os-Montes concluiu a aquisição de um novo pacote de licenças de prospeção na região. As novas licenças foram adquiridas através da compra de 100% da subsidiária portuguesa da Medgold.

Num comunicado enviado às redações, a Novo Lítio (NLI) refere que o valor da aquisição foi de 167.500 euros, equivalente às obrigações pagas à DGEG para as licenças de exploração de Boticas e de Chaves. A empresa refere ainda que no caso de não se efetivar qualquer tipo de descoberta “estas licenças serão renunciadas, entendendo a Novo Lítio que estes títulos são restituídos pela DGEG”.

Segundo o comunicado, “as licenças abrangem uma área descrita e reconhecida pela ocorrência de pegmatitos do tipo LCT (Lítio-Céso-Tântalo), na vizinhança do projeto de lítio Sepeda, e é das poucas áreas de prospeção e pesquisa, ao longo do campo aplitopegmatítico do Barroso, que não está sujeita a sobreposição de pedidos de licença de prospeção e pesquisa”.

Os trabalhos de cartografia geológica e amostragem destas áreas já está a ser feito pelas equipas de campo com o objetivo de identificar alvos para perfuração a curto prazo, assegura a Novo Lítio.

A empresa australiana tem um diferendo com a portuguesa Lusorecursos, em causa estão os direitos sobre a titularidade das licenças de prospeção de lítio em Montalegre. A Novo Lítio, de resto, garante que já investiu perto de quatro milhões de euros no concelho, e fechou mesmo o ano, que terminou em junho passado, com prejuízos de 2,6 milhões de euros, devido ao aumentos dos custos de exploração e avaliação.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Novo Lítio concluiu aquisição de novas licenças de exploração

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião