Número de turistas chineses dispara 40%. Hotéis preparam-se para mais

O Governo quer manter este ritmo de crescimento e, para isso, vai promover um intercâmbio para que os hotéis nacionais recebam estagiários de Macau, mais preparados para acolher este mercado.

O mercado chinês está a disparar e o Governo quer que assim continue. Para isso, vai trazer estagiários de Macau para os hotéis nacionais, para receber melhor este mercado. A informação foi avançada, esta quinta-feira, pela secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, durante a 43ª edição do Congresso Nacional da Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo (APAVT), que este ano decorre em Macau.

“Vou ter reuniões com o Instituto de Formação para dinamizarmos o intercâmbio de alunos e de estagiários, numa lógica de levarmos estagiários de Macau para os hotéis portugueses que querem receber chineses, para ajudarmos a capacitar a nossa oferta a estar preparada para receber melhor este mercado chinês”, explicou a secretária de Estado aos jornalistas, à margem do congresso.

A medida surge numa altura em que o mercado chinês está a disparar, depois de ter sido lançada a rota direta Portugal-China. Ao todo, entre janeiro e setembro, Portugal acolheu 191 mil hóspedes chineses, um aumento de 40% face ao mesmo período do ano passado e um número que supera aquele que tinha sido alcançado no conjunto de 2016. No ano passado, antes de ter sido lançada a rota direta, o mercado chinês tinha aumentado apenas 18%.

"Temos de estar presentes neste mercado e temos de garantir a capacitação da nossa oferta, para saber receber os chineses.”

Ana Mendes Godinho

Secretária de Estado do Turismo

É “um crescimento histórico” daquele que o Governo considera ser “o mercado do futuro”, a par do mercado indiano. “Temos de estar presentes neste mercado e temos de garantir a capacitação da nossa oferta, para saber receber os chineses”, sublinhou Ana Mendes Godinho. Para já, há 14 hotéis nacionais interessados em receber estes estagiários, adiantou a secretária de Estado.

O objetivo, acrescenta a governante, é “manter este nível de crescimento” nos próximos anos e, para isso, para além de trazer estagiários chineses para a hotelaria nacional, o Governo está a fazer uma promoção conjunta com Espanha. “Estamos a dizer a este mercado que, indo à Península Ibérica, têm a possibilidade de conhecer dois países diferentes, com uma vantagem acrescida que é o voo direto, que permite que entrem ou saiam da Península Ibérica via Portugal. Isto muda completamente o paradigma da operação, porque deixamos de estar dependentes e condicionados da entrada e saída dos aeroportos em Espanha”, concluiu.

A jornalista viajou a Macau a convite da Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo (APAVT).

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Número de turistas chineses dispara 40%. Hotéis preparam-se para mais

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião