Marcelo: Centeno tem “uma candidatura forte” à liderança Eurogrupo

  • Lusa
  • 24 Novembro 2017

Marcelo refere-se a Mário Centeno como "um grande nome" entre os candidatos à corrida do Eurogrupo mas acrescenta "a vida já é tão complicada que não vale a pena elevar muito as expectativas".

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, defendeu esta sexta-feira que o ministro das Finanças, Mário Centeno, “é um grande nome” e “uma candidatura forte” à presidência do Eurogrupo, mas aconselhou a baixar expectativas para evitar desilusões.

Há uma semana, numa cimeira europeia em Gotemburgo, na Suécia, o primeiro-ministro, António Costa, manteve a incógnita em torno da eventual candidatura do ministro das Finanças à presidência do Eurogrupo, afirmando que a decisão pode ser tomada até 30 de novembro e será tomada “no momento próprio”.

Esta sexta-feira, em declarações aos jornalistas no bairro da Cova da Moura, na Amadora, Marcelo Rebelo de Sousa pareceu dar como certo que Mário Centeno será candidato, considerando que “é um grande nome” e que “a candidatura é, de facto, é uma candidatura forte”.

Agora, qual será o resultado, vamos ver. Vamos ver. Eu não gosto de elevar expectativas. Eu tenho uma posição na vida que é baixar expectativas. E, depois, se corre bem, grande alegria”, acrescentou.

Marcelo Rebelo de Sousa insistiu na ideia de que “quem eleva muito as expectativas, depois tem desilusões”, acrescentando: “Devemos dispensar desilusões. A vida já é tão complicada que não vale a pena elevar muito as expectativas”.

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Marcelo: Centeno tem “uma candidatura forte” à liderança Eurogrupo

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião