Kim já tem míssil capaz de chegar aos EUA. “Vamos tomar conta do assunto”, diz Trump

  • Lusa
  • 29 Novembro 2017

Projétil lançado, na terça-feira, pelo regime de Pyongyang é um novo modelo de míssil balístico intercontinental capaz de alcançar todo o território dos EUA. "Vamos tomar conta do assunto", diz Trump.

A televisão norte-coreana KCTV anunciou, esta quarta-feira, que o projétil lançado pelo regime de Pyongyang é um novo modelo de um míssil balístico intercontinental (ICBM), batizado de Hwasong-15, capaz de alcançar “todo o território dos Estados Unidos”. Em resposta, Donald Trump já garantiu que os norte-americanos “vão tomar conta do assunto”

Tal como é hábito, coube à veterana pivô Ri Chung-hee fazer o anúncio, em tom solene, do “bem-sucedido” lançamento que foi “autorizado e presenciado pessoalmente pelo líder” Kim Jong-un, o primeiro que o regime de Pyongyang leva a cabo após dois meses e meio.

O míssil foi disparado em direção a leste a partir da província de Pyongan do Sul, a cerca de 25 quilómetros da capital norte-coreana, Pyongyang, por volta das 03:17 (18:17 de terça-feira em Lisboa). O projétil percorreu cerca de 960 quilómetros, atingindo uma altitude de mais de 4.000 quilómetros, antes de se despenhar no Mar do Japão (denominado de Mar do Leste nas Coreias). Tal representa a máxima altitude alcançada até à data por um míssil norte-coreano e sinaliza um novo e perigoso avanço do programa norte-coreano.

Este é o terceiro míssil deste tipo disparado pela Coreia do Norte depois dos dois lançados no passado mês de julho. Fonte oficial japonesa disse que o projétil acabou por cair no mar do Japão, na Zona Económica exclusiva do país.

A porta-voz da Casa Branca, Sarah Sanders, confirmou que o Presidente norte-americano foi informado do lançamento ainda quando o míssil estava no ar. Trump estava reunido com senadores republicanos quando ocorreu o lançamento. À imprensa, o empresário nova-iorquino não adiantou mais detalhes sobre as medidas que os Estados Unidos poderão adotar, mas estão previstas mais sanções internacionais contra Pyongyang.

Washington, Seul e Tóquio pediram uma reunião de emergência do Conselho de Segurança da ONU, que pode realizar-se, esta quarta-feira, em Nova Iorque.

Comentários ({{ total }})

Kim já tem míssil capaz de chegar aos EUA. “Vamos tomar conta do assunto”, diz Trump

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião