Barroso: Eleição mostra que a UE tem de ser governada “com espírito de consenso”

  • Juliana Nogueira Santos
  • 4 Dezembro 2017

Barroso usou o Twitter para dar os parabéns a Centeno e deixar um aviso aos que previam o colapso dos países da periferia: "Não percebem a União Europeia nem tentam aprender."

Após a eleição de Mário Centeno para a presidência do Eurogrupo, seguem-se as mensagens de apoio transmitidas pelas diversas personalidades da política e da economia portuguesa. Foi através da sua conta oficial de Twitter que Durão Barroso deu os parabéns a Centeno e ao país, deixando um recado a todos “os que previam o colapso da periferia”: “A economia europeia precisa de solidariedade e responsabilidade”.

Numa série de três tweets, escritos num período de dez minutos, o antigo presidente da Comissão Europeia começou por afirmar que o facto de o “ministro da Finanças português poder assumir uma posição assim, pouco tempo depois do sucesso do país no programa de resgate, confirma a resiliência e credibilidade da União Europeia e da União Monetária.”

Durão Barroso continuou, afirmando que se a UE “anda apenas numa perna irá cair”. “A economia europeia precisa de solidariedade e responsabilidade”, escreve, dando como exemplo prático o de Portugal. Para Durão, a eleição de Centeno “mostra que é com equilíbrio, compromisso e espírito de consenso que a UE tem de ser governada”.

Aumentando a intensidade do discurso, Durão Barroso diz que “todos os que previram o colapso da ‘periferia’ da Europa durante a chamada crise da Zona Euro estavam errados”, sendo que “não percebem a União Europeia nem tentam aprender.” Ao apontar o caso da Irlanda, de Espanha e de Portugal, em que os programas resultaram, conclui: “A credibilidade é essencial”.

O ministro das Finanças, Mário Centeno, venceu esta segunda-feira a corrida à presidência do Eurogrupo, à segunda volta de votações. Na primeira ronda de votações nenhum ministro conseguiu um mínimo de dez votos, tendo a ministra da Letónia desistido. Peter Kazimir, da Eslováquia, desistiu pouco depois.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Barroso: Eleição mostra que a UE tem de ser governada “com espírito de consenso”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião