Ex-CEO da Altice vai fazer as contas da Sprint

Michel Combes, antigo presidente executivo da Altice, vai substituir Tarek Robbiati no cargo de administrador financeiro da operadora norte-americana Sprint.

Michel Combes, numa das recentes vindas a Portugal ainda como CEO da Altice. Agora, é o novo CFO da Sprint.Paula Nunes / ECO

A Sprint contratou Michel Combes para o cargo de administrador financeiro. Combes, conhecido pelos dotes de controlo de despesas, foi o presidente executivo do grupo Altice até novembro, altura em que deixou a multinacional que detém a Meo, alegadamente em rutura com Armando Pereira, um dos sócios fundadores.

A Sprint é uma empresa norte-americana de telecomunicações. Em novembro, esteve para ser vendida à T-Mobile, mas as negociações falharam. Nos últimos anos tem enfrentado dificuldades económicas e não tem um ano lucrativo há já uma década, de acordo com a Bloomberg. Por isso, Michel Combes deverá ter como missão o corte nos gastos de forma a endireitar as contas da companhia.

A notícia não está a ser bem recebida pelos investidores e, esta quinta-feira, as ações da Sprint derrapavam 5,54% para 4,63 dólares. Segundo a Reuters, em causa estão preocupações levantadas por alguns analistas de que um novo diretor financeiro possa significar uma mudança no guidance da empresa, como tem sido verificado no setor das telecomunicações.

Um dado curioso: a Sprint tem uma parceria com a Altice desde novembro. Como indicou a Reuters nessa altura, um dia depois do falhanço das negociações com a T-Mobile, a Altice USA assinou um acordo multianual para passar a vender um serviço mobile na rede da operadora Sprint. Ao mesmo tempo, a Sprint passou a ter acesso à infraestrutura de cabo da Altice para enviar dados e desenvolver a tecnologia da rede móvel de quinta geração.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Ex-CEO da Altice vai fazer as contas da Sprint

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião