7 tendências do mercado imobiliário para 2018

  • ECO
  • 18 Janeiro 2018

As precisões apontam para o aumento, tanto no consumo privado como no número de turistas em Portugal. Por isso, as vendas de comércio e de retalho deverão aumentar na ordem dos 2,5%.

Mais edifícios nas zonas históricas das cidades, empresas a montar escritórios em antigos armazéns e fábricas em novas zonas da cidade e até maior disponibilidade de oportunidades nas zonas prime.

De acordo com um estudo realizado pela CBRE em parceria com o Expresso, estas são algumas das tendências do mercado imobiliário para 2018 apresentado esta quinta-feira.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

7 tendências do mercado imobiliário para 2018

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião