Benfica é o único clube português no top das receitas do futebol

  • ECO
  • 23 Janeiro 2018

Na 21.ª edição, a Deloitte revela os clubes que mais receitas geram, e o Benfica é o único a manter Portugal no Top 30, mesmo por um triz. Em primeiro lugar? Como habitualmente, o Manchester.

O Benfica é o único clube de futebol português a ficar no top 30 dos que geram mais receitas, de acordo com o estudo Football Money League realizado pela Deloitte. Os encarnados desceram três lugares na lista relativamente à do ano anterior, mas ficaram ainda por um triz nos 30 melhores, em 30.º lugar.

No total, os 20 clubes com mais ganhos juntaram 7,9 mil milhões de euros em receitas em 2016/2017 — mais 6% do que na época anterior. É a 21.ª edição do Football Money League, da consultora Deloitte, e o Manchester United volta a sair em primeiro lugar.

O Benfica, por sua vez, acumulou 157,6 milhões de euros em receitas. Relativamente à época anterior, em que acumulara 152,1 milhões e ficara em 27º lugar, o clube português aumentou em mais de cinco milhões as suas receitas.

As três equipas que mais receitas geraram são o Manchester United, o Real Madrid e o FC Barcelona. No top 20, porém, torna-se clara a prevalência de equipas da liga inglesa: são dez, incluindo o Southampton, que se estreia neste espaço, e o Leicester City, que subiu 6 lugares.

Num comunicado enviado pela consultora, o sócio na área de Sports Business Dan Jones destaca que “o futebol europeu continua a crescer financeiramente, registando um aumento de 500 milhões de euros de receitas nos clubes que ocupam o top 20 da Money League. Assistimos à luta mais renhida de sempre entre o Manchester United e o Real Madrid, este ano com uma distância muito reduzida”.

No mesmo comunicado pode ler-se ainda que “a edição deste ano revela que os ganhos provenientes dos direitos de transmissão são a maior fonte de receita individual dos clubes, representando cerca de 45% da receita total”. O relatório baseia-se nos relatórios financeiros anuais das equipas ou em dados facultados diretamente pelos clubes.

Apoie o jornalismo económico independente. Contribua

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso. O acesso às notícias do ECO é (ainda) livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo rigoroso e credível, mas não só. É continuar a informar apesar do confinamento, é continuar a escrutinar as decisões políticas quando tudo parece descontrolado.

Introduza um valor

Valor mínimo 5€. Após confirmação será gerada uma referência Multibanco.

Comentários ({{ total }})

Benfica é o único clube português no top das receitas do futebol

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião