Unidade de Grandes Contribuintes cobrou 19 mil milhões de euros em 2017

  • Cristina Oliveira da Silva
  • 24 Janeiro 2018

Valor corresponde a cerca de 45% do total de receita, disse o secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, apontando para dados ainda provisórios.

Em 2017, a Unidade de Grandes Contribuintes foi responsável pela arrecadação de 19 mil milhões de euros, o que corresponde a cerca de 45% do total de receita, afirmou esta quarta-feira o secretário de Estados dos Assuntos Fiscais, apontando para dados provisórios.

António Mendonça Mendes falava na comissão parlamentar de Orçamento e Finanças, no âmbito de um requerimento do Bloco de Esquerda sobre o processo que conduziu à anulação de dívida fiscal à Brisa e a eficácia da Unidade dos Grandes Contribuintes da Autoridade Tributária.

De acordo com o secretário de Estado, em 2016 a Unidade de Grandes Contribuintes foi responsável pela cobrança de 15,7 mil milhões de euros, de um universo de 40,2 mil milhões de euros de receita fiscal. Os dados para 2017 são provisórios mas indicam que a “Unidade de Grandes Contribuintes sobe o peso para o total da receita para cerca de 45%, e é responsável pela arrecadação de 19 mil milhões de euros de receita”.

António Mendonça Mendes salientou ainda que esta Unidade acompanhava, em 2017, 1.200 empresas e 758 particulares e vincou que “não existe nenhuma situação de prescrição”. O secretário de Estado admite que é necessário um reforço de meios humanos e indicou que está a ser pensada a hipótese de a Unidade de Grandes Contribuintes poder ter novas instalações, juntamente com a inspeção tributária.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Unidade de Grandes Contribuintes cobrou 19 mil milhões de euros em 2017

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião