Realidade Virtual chega aos Jogos Olímpicos de inverno

  • Juliana Nogueira Santos
  • 5 Fevereiro 2018

Os entusiastas dos desportos de inverno poderão assistir às provas em qualquer parte do mundo como se estivessem em Pyeongchang.

Não é uma modalidade mas vai, com certeza, deixar os amantes dos desportos de inverno igualmente entusiasmados. Pela primeira vez na história dos Jogos Olímpicos, algumas das provas desta edição de inverno vão ser transmitidas num cenário de realidade virtual.

A novidade, implementada pelos canais que vão fazer a cobertura dos Jogos Olímpicos de inverno de Pyeongchang, vai permitir assistir, de uma forma imersiva, a mais de 50 horas de programação em direto, bem como repetições on-demand e resumos dos principais momentos.

A experiência de realidade virtual foi assegurada pela Intel True VR que, para além de ser parceira do evento, utiliza um sistema multicâmaras com o objetivo de criar um ambiente de realidade virtual 360.º.

Em Portugal, este serviço vai ser assegurado pelo canal Eurosport que já tem disponível uma aplicação para smartphones e aparelhos de realidade virtual, pelo valor de 0,99 euros. Através desta, o utilizador poderá selecionar os ângulos de visão por entre seis câmaras fixas disponíveis.

Os Jogos Olímpicos de inverno começam a 9 de fevereiro em Pyeongchang, Coreia do Sul, sendo possível assistir à cerimónia de abertura através de realidade virtual. As transmissões dos desportos, onde se incluem esqui alpino, curling, snowboard ou saltos de esqui, entre outros, estende-se até dia 25 de fevereiro.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Realidade Virtual chega aos Jogos Olímpicos de inverno

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião