Hoje nas notícias: Partidos querem fatura detalhada nos combustíveis

  • ECO
  • 8 Fevereiro 2018

Dos jornais aos sites, passando pelas rádios e televisões, leia as notícias que vão marcar o dia.

O consenso dos partidos relativamente à necessidade da fatura dos combustíveis ser mais detalhada e o pedido do Tribunal ao SEF e às Finanças de mais informação sobre Carlos Silva marcam o dia de hoje. Destaque também para o adiamento da entrada em vigor das novas regras do IES.

Partidos querem fatura detalhada nos combustíveis

A proposta para tornar a fatura dos combustíveis mais detalhada é comum a vários partidos políticos. PSD, CDS e PAN têm projetos de lei nesse sentido e o PSD já fez uma recomendação para que esses documentos passem a ter mais informação de modo a aumentar a transparência do preço final.

Leia a notícia completa no Negócios (acesso condicionado).

Novas regras do IES adiadas pelas Finanças

Afinal as novas regras de simplificação no preenchimento da Informação Empresarial Simplificada serão implementadas de forma faseada e só a partir do segundo semestre deste ano. O anúncio foi feito pelo secretário de Estados dos Assuntos Fiscais através de um despacho.

Leia a notícia completa no Negócios (acesso condicionado).

Tribunal pede informação sobre Carlos Silva ao SEF e às Finanças

O Banco Privado Atlântico será alvo de uma participação ao Banco de Portugal e à CMVM por desrespeito à justiça. Nesse mesmo caso, o tribunal vai ainda pedir ao SEF e às Finanças informação sobre Carlos Silva, presidente do BPA.

Leia a notícia completa no Jornal i (acesso condicionado).

Um ano depois do roubo das Glock, ainda não há arguidos

Um ano depois de ter sido aberto um inquérito ao roubo de quase seis dezenas de pistolas Glock da sede da PSP, ainda não foram constituídos arguidos. O inquérito interno conclui que o desaparecimento se ficou a dever a “falhas de supervisão e controlo”, não se tendo registado, nesse quadro, consequências disciplinares.

Leia a notícia completa no Diário de Notícias (acesso livre).

Operação Lex e outros casos abalaram Luís Filipe Vieira

O presidente do Benfica tem estado envolvido em múltiplos casos judiciais, da ‘Operação Lex’ à alegada burla ao BPN. A Polícia Judiciária está agora a investigar Luís Filipe Vieira por suspeitas de corrupção ligada ao clube que dirige e, por isso, encetou uma busca secreta ao Estádio da Luz.

Leia a notícia completa na Sábado (acesso condicionado).

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Hoje nas notícias: Partidos querem fatura detalhada nos combustíveis

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião