Dados do PIB: CDS diz que são “extraordinariamente bons”, BE diz que são “a prova de que a direita estava errada”

  • ECO
  • 14 Fevereiro 2018

A presidente do CDS elogiou os resultados da economia portuguesa em 2017, atribuindo o sucesso às empresas. Já Mariana Mortágua, deputada do BE, diz que são "a prova de que a direita estava errada".

A deputada do Bloco de Esquerda, Mariana Mortágua, considera que os dados do PIB revelados esta quarta-feira pelo INE são “a prova de que a direta estava errada”. Mas também que devem servir de “alerta” para o Governo de forma a ir “mais longe nas suas políticas de devolução de rendimentos e na proteção dos direitos laborais”.

“Só a política de devolução de rendimentos e e direitos é que pode fazer com que este crescimento seja mais forte, mais consolidado e que continue no futuro”, defendeu a deputada bloquista esta quarta-feira, em declarações transmitidas pela SIC Notícias a partir do Parlamento. Para Mariana Mortágua “o crescimento só é sustentável se for sustentado em bons salários, em emprego estável, em serviços públicos com qualidade”.

“Estes dados são, sem dúvida, uma prova de que a direita estava errada, mas devem também ser uma prova de alerta para o Governo que tem de ir mais longe nas suas políticas de devolução de rendimentos e de proteção do trabalho, dos direitos laborais, porque já se provou que dá resultado e que os resultados são bons”, defendeu Mortágua, introduzindo mais pressão no Executivo numa altura em que se discute na geringonça que mudanças podem existir na lei laboral.

Cristas diz que dados do PIB são “extraordinariamente bons”

“Extraordinariamente bons”. A expressão é de Assunção Cristas e classifica os números da economia portuguesa divulgados esta quarta-feira. Segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE), o PIB cresceu 2,7% em 2017, o maior crescimento económico desde 2000. Em reação, a líder do CDS atribuiu o mérito aos empresários.

“Certamente que números positivos de crescimento da nossa economia são bons para o país e nós sublinhamos como sendo extraordinariamente bons”, afirmou Assunção Cristas, em declarações transmitidas esta quarta-feira de manhã pela RTP3. Os números divulgados pelo INE destacam a aceleração do investimento no país, o que contribuiu para o aumento da procura interna.

Para a presidente do CDS, “estes números estão associados ao grande trabalho de muitas empresas, quer nacionalmente — que investem e arriscam o seu capital para podermos crescer — quer as que procuram no mundo inteiro formas e oportunidades para expandir o seu negócio“.

Estes números constam da estimativa rápida do INE para o crescimento da economia. Os dados mais finos serão conhecidos apenas no próximo dia 28 de fevereiro.

(Notícia atualizada às 12h19 com declarações do BE)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Dados do PIB: CDS diz que são “extraordinariamente bons”, BE diz que são “a prova de que a direita estava errada”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião