Maior evento de entretenimento digital do mundo sai de Portugal e vai para Malta

O maior festival de entretenimento digital do mundo, que até agora se realizou em Portugal, vai mudar-se para Malta, anunciou a organização.

A decisão está tomada. Depois de várias ‘ameaças’, o Trojan Horse Was a Unicorn (THU), o maior evento de entretenimento digital do mundo — e fundado em Portugal — vai mudar-se para Malta. O anúncio foi feito em comunicado enviado às redações.

 

“O evento de entretenimento digital, que reúne os grandes nomes da terceira maior indústria, a nível mundial, muda-se para Valletta, a capital da ilha mediterrânea, entre os dias 24 a 29 de setembro de 2018”, anunciou a organização sobre a sua sexta edição.

Seis anos depois da sua criação, THU sai de Portugal, internacionalizando-se e consolidando a sua posição no mercado internacional, sendo um importante player na ambição de Malta de se tornar num hub para esta indústria que faz mover mais de dois biliões de euros, a nível mundial. André Lourenço, o português que fundou o festival, diz ao ECO que a saída de Portugal “é parte do caminho”.

“Começámos como um sonho há cinco anos na minha cidade Natal, Setúbal mas tornámo-nos algo maior e, infelizmente, tivemos de decidir prosseguir para o próximo capítulo”, escreveu André no seu perfil de Facebook. “Não foi fácil mas o THU precisava desta mudança — a tribo precisava disto”, justificou.

 

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Maior evento de entretenimento digital do mundo sai de Portugal e vai para Malta

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião