Primeiro-Ministro recebe Rui Rio esta terça-feira

  • Cristina Oliveira da Silva
  • 19 Fevereiro 2018

Um dia depois de ter sido recebido pelo Presidente da República, o líder do PSD vai reunir-se com António Costa em São Bento.

O primeiro-ministro, António Costa, recebe na terça-feira o novo presidente do PSD, Rui Rio. O encontro está marcado para as 12:00, em São Bento, avança a agência Lusa.

Já esta segunda-feira, Rui Rio foi recebido pelo Presidente da República, naquela que foi a sua primeira reunião enquanto líder do PSD. Mas não levou propostas concretas. “Depressa e bem há pouco quem”, disse, recordando que o Congresso que o consagrou como presidente do partido terminou este domingo.

“Um congresso que terminou às quatro da tarde de domingo, como é que era possível a seguir ao almoço de segunda-feira as propostas concretas, queria que eu tivesse um projeto de lei ou uma proposta de lei?”, respondeu aos jornalistas. “Aquilo que foi enunciado ao longo da campanha e nos discursos são as áreas que nós consideramos importantes. Estamos disponíveis a que, se houver mais algumas que considerem importantes também abordar, e as linhas de força que devem seguir as propostas que nós possamos fazer para confrontar com as propostas dos outros”, disse ainda Rui Rui.

O líder do PSD depois deixou a nota: “Tudo isto tem o seu tempo, sob pena de não ser bem feito, ser muito mal feito. As coisas para serem bem feitas têm de ser pensadas, debatidas, maturadas”. “Depressa e bem há pouco quem”, rematou, em declarações transmitidas pela RTP3.

Sobre as iniciativas que o PSD vai assumir, Rui Rio notou que quer ouvir as propostas dos órgãos do seu partido mas também de outros. Algumas coisas, mas poucas, “podem ser feitas até às próximas eleições”, disse, considerando as eleições europeias em maio, mas outras podem ser já delineadas para que o “trabalho de casa” fique feito, concluiu o presidente do PSD.

(notícia atualizada às 17:24)

O jornalismo continua por aqui. Contribua

Sem informação não há economia. É o acesso às notícias que permite a decisão informada dos agentes económicos, das empresas, das famílias, dos particulares. E isso só pode ser garantido com uma comunicação social independente e que escrutina as decisões dos poderes. De todos os poderes, o político, o económico, o social, o Governo, a administração pública, os reguladores, as empresas, e os poderes que se escondem e têm também muita influência no que se decide.

O país vai entrar outra vez num confinamento geral que pode significar menos informação, mais opacidade, menos transparência, tudo debaixo do argumento do estado de emergência e da pandemia. Mas ao mesmo tempo é o momento em que os decisores precisam de fazer escolhas num quadro de incerteza.

Aqui, no ECO, vamos continuar 'desconfinados'. Com todos os cuidados, claro, mas a cumprir a nossa função, e missão. A informar os empresários e gestores, os micro-empresários, os gerentes e trabalhadores independentes, os trabalhadores do setor privado e os funcionários públicos, os estudantes e empreendedores. A informar todos os que são nossos leitores e os que ainda não são. Mas vão ser.

Em breve, o ECO vai avançar com uma campanha de subscrições Premium, para aceder a todas as notícias, opinião, entrevistas, reportagens, especiais e as newsletters disponíveis apenas para assinantes. Queremos contar consigo como assinante, é também um apoio ao jornalismo económico independente.

Queremos viver do investimento dos nossos leitores, não de subsídios do Estado. Enquanto não tem a possibilidade de assinar o ECO, faça a sua contribuição.

De que forma pode contribuir? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

Obrigado,

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Primeiro-Ministro recebe Rui Rio esta terça-feira

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião