Turistas deixaram valor recorde de 41 milhões de euros por dia em Portugal

As receitas turísticas ultrapassaram os 15 mil milhões de euros. O saldo da balança turística foi positivo em 10,9 mil milhões de euros, um aumento de 24% em relação a 2016.

As receitas turísticas ultrapassaram, pela primeira vez, os 15 mil milhões de euros no ano passado, um valor recorde que acompanha a evolução do número de hóspedes recebidos pela hotelaria nacional. Os turistas gastaram, assim, mais de 41 milhões de euros, por dia, em Portugal.

Os dados foram divulgados, esta terça-feira, pelo Banco de Portugal. Ao todo, as receitas turísticas ascenderam a 15.152.270.000 euros no ano passado, o que representa um aumento de 19,5% em relação aos números de 2016. Já os portugueses gastaram 4,29 mil milhões de euros no estrangeiro, uma subida de 11,5%. Feitas as contas, a balança turística registou um saldo de 10,9 mil milhões de euros, um aumento de 24% em relação a 2016.

A balança turística respondeu, assim, por mais de 70% da balança de serviços, cujo saldo ascendeu a 15,6 mil milhões de euros. Já a balança de bens e serviços registou um saldo de 3,5 mil milhões de euros.

Os números são conhecidos depois de terem sido revelados outros valores recorde para o setor do turismo. Os estabelecimentos hoteleiros nacionais receberam mais de 20 milhões de hóspedes no ano passado, um número que deverá subir para 22 milhões se se contabilizar os alojamentos locais.

(Notícia atualizada às 12h20 com mais informação)

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Turistas deixaram valor recorde de 41 milhões de euros por dia em Portugal

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião