Wall Street sobe na expectativa das minutas da Fed

Depois de uma sessão negativa, a bolsa norte-americana começou esta quarta-feira a recuperar. Ao final da tarde a Reserva Federal vai divulgar as minutas da última reunião.

Os investidores aguardam esta quarta-feira a divulgação das minutas da Reserva Federal para procurar mais pistas sobre a inflação e a taxa de juro. Depois de uma sessão marcada pela desvalorização do Dow Jones, Wall Street abriu a sessão em terreno positivo. A Walmart está a recuperar depois de um dia negro, mas as principais subidas estão a ser protagonizadas pelas tecnológicas.

No início da sessão, o Nasdaq estava a subir 0,51% para os 7.271 pontos e o Dow Jones a valorizar 0,28% para os 25.035 pontos. Já o S&P 500 aumentava 0,1% para os 2.722 pontos. Depois de uma queda superior a 10%, as ações do Walmart recuperam ligeiramente 0,27% para os 94,36 dólares por título. O setor tecnológico é o que mais sobe, ancorado na Amazon, Apple, Facebook e Alphabet.

É esta quarta-feira que os investidores vão aferir se a Reserva Federal alterou a sua perceção relativamente à inflação, o que poderá alterar o ritmo da subida das taxas de juro. A Fed vai divulgar as minutas da última reunião com a presença de Janet Yellen e onde o conselho de governadores decidiu manter a taxa de juro inalterada. Além disso, os governadores das Reservas Federais de Filadélfia e Minneapolis têm intervenções públicas marcadas para esta quarta-feira.

Patrick Harker, o presidente da Reserva Federal, afirmou que o “apropriado” é haver dois aumentos da taxa de juro em 2018, mas não excluiu a possibilidade de haver mais. “Os dados podem mudar e, às vezes, estes não apontam com precisão para eventos futuros“, disse Harker esta quarta-feira, citado pela Reuters. Os mercados esperam que haja três subidas da taxa de juro, mas os dados da inflação serão decisivos para saber como atuará Jerome Powell, o substituto de Janet Yellen.

Esta terça-feira as bolas norte-americanas desvalorizaram, principalmente o Dow Jones que baixou dos 25 mil pontos. “Após a forte recuperação encetada na semana anterior (que se materializou em seis sessões consecutivas de ganhos) era expectável que se assistisse a um recuo das ações americanas”, explicam os analistas do BPI no diário de bolsa desta quarta-feira.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Wall Street sobe na expectativa das minutas da Fed

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião