EDP Renováveis quase quintuplica lucros em 2017

  • Rita Atalaia
  • 27 Fevereiro 2018

A empresa liderada por Manso Neto registou lucros de 276 milhões no ano passado. Um resultado que vai permitir que a EDP Renováveis distribua 52 milhões em dividendos.

A empresa liderada por Manso Neto registou lucros de 276 milhões no ano passado, em comparação com os 56 milhões registados no ano anterior. Ou seja, a EDP Renováveis quase quintuplicou os resultados. E graças sobretudo ao aumento das receitas. É com base neste resultados que o conselho de administração vai propor distribuir 52 milhões de euros em dividendos aos acionistas.

“O resultado líquido totalizou 276 milhões de euros, enquanto o resultado líquido ajustado atingiu os 226 milhões de euros“, lê-se no comunicado enviado à CMVM.

Um resultado para o qual contribuiu a melhoria do EBITDA. Este indicador subiu 17% para 1.366 milhões, “beneficiando da evolução positiva das receitas e do aumento dos proveitos operacionais”. Olhando para as receitas, estas aumentaram 11% para 1.827 milhões de euros em 2017.

A empresa revelou que o conselho de administração vai propor um aumento dos dividendos para 6 cêntimos por ação. Ou seja, quer distribuir 52 milhões de euros.

Os resultados, apresentados antes da abertura do mercado, estão a animar as ações da EDP Renováveis. A cotada segue a valorizar 0,98% para 7,22 euros.

(Notícia atualizada às 08h08 com mais informação)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

EDP Renováveis quase quintuplica lucros em 2017

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião