5 coisas que vão marcar o dia

  • Juliana Nogueira Santos
  • 28 Fevereiro 2018

É dia de PIB nacional e PIB norte-americano, bem como dos resultados da Jerónimo Martins, tudo relativo a 2017. Começa também a BTL, em Lisboa.

Com esta quarta-feira chegam os dados definitivos do PIB nacional em 2017, bem como o crescimento da economia norte-americana no mesmo período. Em relação ao Brexit, são conhecidos os últimos avanços nas negociações pela palavra do negociador europeu. Nos mercados, o grupo retalhista que detém o Pingo Doce apresenta os dados relativos à atividade do ano que passou. Estes e outros acontecimentos que vão marcar o dia.

Será que o país cresceu 2,7% em 2007?

Após a estimativa rápida do início do mês ter apontado para um crescimento do PIB de 2,7%, o Instituto Nacional de Estatística divulga esta quarta-feira as contas nacionais trimestrais relativas ao último trimestre do ano. O Governo veio já afirmar que, a confirmar.-se, é um crescimento económico “mais equitativo” do ponto de vista social.

Jerónimo Martins apresenta resultados

A retalhista Jerónimo Martins divulga as contas relativas ao ano de 2017 após o fecho dos mercados. Nos primeiros nove meses do ano, os lucros do grupo que detém o Pingo Doce cifraram-se nos 285 milhões de euros, enquanto as vendas ascenderam aos 11,9 mil milhões de euros. Os analistas do BPI não esperam que os resultados finais tragam grandes surpresas, tendo, no mês passado, subido o preço-alvo de 18,10 euros por ação para 18,70 euros.

Como vão as negociações do Brexit?

Depois de, a 29 de janeiro, os Estados-membros da União Europeia terem aprovado as diretrizes para negociar o período de transição após a saída do Reino Unido, que terminará a 31 de dezembro de 2020, está na altura de saber o curso das negociações. O representante da União Europeia no processo, Michel Barnier, vai detalhar, numa conferência de imprensa, os acordos já alcançados e os próximos passos do longo caminho.

E a economia norte-americana? Como cresceu?

Para finalizar as estatísticas relativas a 2017, serão conhecidos os dados relativos ao Produto Interno Bruto norte-americano, com as previsões dos analistas a apontarem para um crescimento anual de 2,5%. Mesmo com a economia a mostrar sinais de prosperidade, este indicador estará longe de atingir a meta proposta por Donald Trump ainda na campanha eleitoral, que é a de colocar a economia a crescer a um ritmo de 3%.

Tiro de partida da Bolsa de Turismo de Lisboa

Começa, na Feira Internacional de Lisboa, a 30.ª edição da Bolsa de Turismo de Lisboa. Este salão, que é já considerado a referência para a indústria do turismo nacional e internacional, vai contar com a presença do ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral na cerimónia de abertura. O evento decorre até 4 de março — sendo que o acesso nos dias 28 de fevereiro e 1 de março é reservado a profissionais.

Comentários ({{ total }})

5 coisas que vão marcar o dia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião