Sporting reduz passivo e dívida no primeiro semestre

  • Juliana Nogueira Santos
  • 28 Fevereiro 2018

Segundo os dados do último semestre, o clube leonino fechou este período com uma queda nos lucros, tendo-se situado nos 10 milhões de euros. Conseguiu também reduzir o passivo.

O Sporting conseguiu, no primeiro semestre da época atual, reduzir em 40 milhões de euros o seu passivo global, e em 23 milhões a dívida bancária e obrigacionista. Segundo o relatório comunicado esta quarta-feira aos mercados, o clube leonino fechou este período com lucros de 10 milhões de euros.

Em termos de volume de negócios, a participação na fase de grupos de Liga dos Campeões e a venda do capitão Adrien Silva são apontadas pelo clube como as principais justificações para este indicador atingir os 81,6 milhões de euros. “Em termos de receitas, importa destacar que esta é a segunda presença consecutiva na fase de Grupos da UEFA Champions League, o que permitiu crescer ao nível da bilheteira, seja em jogo a jogo, seja no sucesso que foi a renovação das gamebox anuais”, pode ler-se no comunicado.

Já excluindo as operações com jogadores, as receitas operacionais aumentaram mais de quatro milhões de euros, dos 49 milhões registados no primeiro semestre da época 2016/2017 para os 53,4 milhões. Ainda assim, quando contabilizados outros gastos, o resultado líquido do exercício no semestre em questão caiu dos 16,5 milhões registados no ano anterior para os 10,1 milhões de euros.

Tendo em conta os resultados do último semestre, ou seja, do segundo semestre da época 2016/2017, o Sporting conseguiu reduzir em 40 milhões de euros o passivo global, o que segundo a SAD leonina se deve “ao reembolso de dívida bancária no montante de 18.729 milhares de euros, redução de provisões no montante de 9.590 milhares de euros e de fornecedores em 12.893 milhares de euros.”

(Notícia atualizada às 20h10 com mais informação)

Comentários ({{ total }})

Sporting reduz passivo e dívida no primeiro semestre

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião